RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 20. (2 Suppl.2)

 

Editorial

Artigo Original

2 - Saúde do Trabalhador, hoje: re-visitando atores sociais

Workers' Health, today: re-visiting social actors

Francisco Antonio de Castro Lacaz; Ana Paula Lopes dos Santos

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):5-12, Abr/Jun, 2010

Este artigo visa discutir a realidade atual dos principais atores sociais que contribuíram para a construção do campo de saberes e práticas denominado Saúde do Trabalhador nos anos 1970 e 1980, ou seja: o Movimento sindical de trabalhadores; a Academia e os Serviços de Saúde Pública. Trata-se de analisar seus limites e desafios tendo como pano de fundo a reetruturação produtiva e o neoliberalismo, cujos efeitos foram sentidos, no Brasil, especialmente a partir do início dos anos 1990, de maneira importante e desigual por parte dos três atores referidos. Discute a fragilidade do Movimento sindical diante do desemprego, da precarização do trabalho e dos direitos; o produtivismo que assola a Academia no que tange à produção do conhecimento no campo e a atuação dos Serviços de saúde como parte de uma Política social empreendida por um "Estado Mínimo". Aponta os desafios para a retomada do papel protagônico dos três atores na busca do avanço das formulações de políticas nesse campo. Na produção do conhecimento pela Academia; no papel do movimento dos trabalhadores dando sustentação social a esse processo e no papel dos Serviços de Saúde Pública para uma efetiva Política Nacional de Saúde do Trabalhador na perspectiva do fortalecimento do Sistema Único de Saúde.

Palavras-chave Trabalhadores; Sindicatos; Academias e Institutos; Serviços de Saúde Pública; Saúde do Trabalhador; Conhecimento; Programação; Políticas Públicas de Saúde; Sistema Único de Saúde.

This article discusses the nowadays reality of the main social actors that have constructed the field of knowledge and practice named Workers` Health in the years 1970-80, which are: the Workers Union Movement; the Academy and the Public Health Services. The aim is to analyze the limits and challenges, having as background the productive restructure and the neo-liberalism, whose effects were more clearly felt in Brazil particularly since the beginning of the years 1990, in different levels by the three mentioned actors. Is discussed the frailty of the Union Movement faced by unemployment, precarious work conditions and lost of rights; the "productivism" that devastates the Academy in that field of knowledge and the role of the Health Services as a part of a Social Policy developed by the so called "Minimum State". The text points out the challenges to recover the main role of the three actors in order to reach the advance of the formulations of the field as in the knowledge production by Academy, as the role of Workers' movement to provides the field social sustentation, as the Public Health Services for a real National Workers' Health Policy in the perspective to strengthen the Brazilian National Health System called SUS.

Keywords Workers; Labor Unions; Academies and Institutes; Public Health Services; Occupational Health; Knowledge; Programming; Health Public Policy, Single Health System

3 - Os caminhos da Saúde do Trabalhador: para onde apontam os sinais?

Workers' health pathways: where are the sings pointing to?

Rosa Maria Quadros Nehmy; Elizabeth Costa Dias

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):13-23, Abr/Jun, 2010

As mudanças no mundo do trabalho e a reorganização do Sistema Único de Saúde exigem adequações na agenda de pesquisa e na prática dos profissionais da área 'Saúde do Trabalhador'. Nessa perspectiva, a área passa por momento de reflexão e de busca de referenciais orientadores que foquem os interesses e direitos do trabalhador para garantir qualidade de vida e proteção social em relação aos danos do trabalho. Visando contribuir para o debate, recupera-se o referencial de criação da área e, a partir dele, discutem-se as categorias analíticas 'processo de trabalho' e 'território', indicando suas potencialidades e limites. São apontados desafios decorrentes da inserção das ações de saúde do trabalhador na rede básica de serviços de saúde e as tendências de abordagem dessas categorias em outras disciplinas. Conclui-se pela necessidade de se manter o compromisso histórico com o referencial do materialismo histórico, retomando a característica de um movimento em favor da qualidade de vida do trabalhador, contrapondo-se à condição de precariedade do trabalho imposta pela dinâmica do capital na conjuntura sociopolítica em que vivemos.

Palavras-chave Medicina do Trabalho; Saúde do Trabalhador; Serviços de Saúde do Trabalhador; Trabalho; Condições de Trabalho; Ambiente de Trabalho.

Changes in the labor world configuration and the reorganization of the Brazilian National Health System (SUS) require appropriate adjustments in the research agenda and practice of Workers' Health professionals. So, this field is currently devoted to the exercise of thinking and searching on adequate references which may give the appropriate focus to the workers' interests and rights, in order to assure their quality of life and social protection, as regards to the work related harms and risks. So, as a contribution for such a debate, the conceptual framework used for the development of this field was retrieved and, inside such a framework, some analytical categories as "work process" and "territory" were discussed, identifying their potentialities, as well their limits. Also, some challenges related to the insertion of Workers' Health actions in the Primary Health Care services were approached, as well as how such issues have been approached by other areas or disciplines. The authors concluded on the importance of keeping the historical commitment with the theoretical approach provided by the historical materialism framework, with the introduction of some characteristics of a movement in favor of the improvement of workers ' quality of life, in opposition to the condition of precarious work imposed by the Capital dynamics, as prevalent in the current socio-political conjuncture.

Keywords Occupational Medicine; Occupational Health; Occupational Health Services; Work; Working Conditions; Working Environment.

4 - Epidemia de intoxicação por chumbo em empresa de fundição secundária

Occupational lead poisoning epidemic in a secondary melting facility

David Ferreira Guerra; Andréa Maria Silveira

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):24-30, Abr/Jun, 2010

A intoxicação por chumbo constitui importante problema de saúde dos trabalhadores em nosso meio, sendo causada principalmente pela montagem, reforma e reciclagem de baterias automotivas. Neste artigo, são apresentados os resultados de uma investigação realizada em uma empresa de fundição secundária de chumbo localizada na região metropolitana de Belo Horizonte. A empresa foi inspecionada para estudo dos riscos à saúde dos trabalhadores. Foi ainda realizada revisão bibliográfica e estudo dos prontuários médicos dos trabalhadores atendidos no Centro de Referência Estadual em Saúde dos Trabalhadores- CEREST/MG ,no período de janeiro de 2005 a setembro de 2007. Os 18 trabalhadores do setor produtivo da empresa são homens e estavam expostos e intoxicados pelo chumbo. A idade média era de 33,6 anos. Quanto à escolaridade, 61,1% possuíam primeiro grau incompleto . O tempo médio de exposição ao chumbo metálico foi de 17,8 meses. Constatou-se que 66,7% dos trabalhadores mostraram níveis séricos de chumbo acima de 60µg/dl e 33,3% mostraram níveis entre 40 e 60µg/dl. Os sintomas mais frequentes foram parestesias (72,2%), dor nas pernas (66,7%), fraqueza (55,6%), cefaleia (50%), irritabilidade (50%) e dor abdominal (44,4%). Dentre os pacientes,61,1% foram submetidos à terapia quelante com versenato de sódio. O tempo médio de afastamento do trabalho dos pacientes que concluíram o tratamento foi de 14,3 meses. Os autores alertam para a gravidade do problema e enfatizam a necessidade de maior integração entre as agências públicas que implementam ações de proteção ambiental e saúde do trabalhador visando melhorar as condições de trabalho e eliminar a intoxicação por chumbo nas empresas de fundição secundária de chumbo.

Palavras-chave Chumbo; Intoxicação por Chumbo; Saúde do Trabalhador.

Lead intoxication remains a significant occupational health concern in our environment, being primarily caused by the process of assembly, restoration, and recycling of automotive batteries. This paper presents research data collected from an automotive battery board recycling facility in greater Belo Horizonte, Minas Gerais, and points out inappropriate workplace conditions. The facility was visited for researching workplace processes and identifying all risks to the workers´ health, a bibliographical review was conducted, as well as a study of facility's workers medical records from their visits to the Centro de Referência Estadual em Saúde dos Trabalhadores de Minas Gerais - CEREST/MG. All the 18 workers practically performed the same activities and were poisoned by lead. The mean age was 33.6 years and 100% of them were male. The mean time of metallic lead exposure was 17,8 months. 66,7% of workers showed serum lead levels above 60µg/dl, and 33,3% between 40 and 60µg/dl . The main symptoms were leg pain, paresthesia (72,2%), leg ache (66,7%), faintness (55,6%), headache (50%), irritation (50%) and abdominal pain (44,4%). Chelation therapy with calcium versenate was the treatment in 61,1% of them. The mean time sick leaves of patients that concluded the treatment was 14,3 months. The authors stress the need of institutional integration among public agencies that implemented occupational health and environmental protection actions, in order to improve the work conditions in secondary melting facilities.

Keywords Lead; Lead Poisoning; Occupational Health.

5 - Pneumoconiose em artesãos de pedra-sabão na região de Ouro Preto, MG

Pneumoconiosis in soapstone handicraft workers in Ouro Preto, MG

Ana Paula Scalia Carneiro; Olívia Maria de Paula Alves Bezerra; Keller Guimarães Silveira; Ana Beatriz Araújo Neves; Larissa Fiorentini; José Geraldo Félix Maciel; Vinícius Miranda Rosa de Lima

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):31-37, Abr/Jun, 2010

A pedra-sabão, variedade de esteatita, é abundante na região de Ouro Preto, MG. Seu principal componente é o talco, que pode estar contaminado por sílica, asbesto ou outros minerais. O artesanato de pedra sabão constitui importante atividade econômica da região, na qual se estima que existam cerca de 5000 artesãos.
OBJETIVOS: Relatar a ocorrência de casos de pneumoconiose, alguns já radiologicamente avançados, o que sugere a presença de talco puro ou contaminado por sílica em altas concentrações nos ambientes de trabalho.
METODOLOGIA: Foram analisadas as histórias clínica e ocupacional, a radiografia de tórax (padrão OIT) e a espirometria de sete artesãos de pedra sabão, residentes num pequeno distrito da região de Ouro Preto, atendidos no Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador de Minas Gerais (CEREST-MG).
RESULTADOS: A idade variou de 22 a 44 anos e o tempo de exposição ocupacional variou de 5 a 37 anos. À radiografia de tórax, foram encontradas anormalidades compatíveis com o diagnóstico de pneumoconiose, caracterizadas pela presença de pequenas opacidades em todos os casos, grandes opacidades em três e anormalidades pleurais em quatro.
CONCLUSÕES: Apesar do importante número de expostos, ainda não existem na região registros sistemáticos de casos de pneumoconiose, especialmente avançados como os do presente estudo. Tal fato, alerta para a necessidade de criação de políticas públicas, que melhorem as condições de saúde e segurança no trabalho deste contingente, inserido na informalidade e à margem da cobertura previdenciária.

Palavras-chave Pneumoconiose; Doenças Profissionais; Talco; Sílica Livre; Asbesto; Pedra-sabão.

The soapstone, variety of steatite, is abundant in the region of Ouro Preto, MG. Its main component is the talc that may be contaminated by asbestos or silica, as well as other minerals. The soapstone handicraft work is an important economic activity in the region, with an estimated number of 5000 handicraft workers.
OBJECTIVES: To report the occurrence of pnemoconiosis cases, some of them already radiologically advanced, suggesting the presence of talc pure or contamined by silica in high concentrations at work environments.
METHODOLOGY: We have reviewed the background occupational, clinical history, chest X-ray (ILO standard) and spirometry of seven soapstone handicraft workers, resident in a small district of the region of Ouro Preto, assisted in the Workers Health State Reference Center of Minas Gerais, Brazil (CEREST-MG).
RESULTS: The age ranged from 22 to 44 years and the time of occupational exposure ranged from 5 to 37 years. All chest X-rays showed abnormalities consistent with the diagnosis of pneumoconiosis, characterized by small opacities. Besides, three of them had large opacities and four others had pleural abnormalities.
CONCLUSIONS: Despite a large number of exposures, there are no systematic records of pneumoconiosis cases in the region, especially as advanced as those found in this study. This fact, coupled with the occurrence of cases, draws attention to the need for creating public policies to improve the conditions of health and safety at work of this quota inserted in informality and in the margins of social welfare coverage.

Keywords Pneumoconiosis; Occupational Diseases; Talc; Silica; Asbestos; Soapstone.

6 - Descentralização de ações de saúde do trabalhador para a atenção primária de saúde - desafios e possibilidades: a experiência do CEREST de Juiz de Fora, MG

Decentralization of workers' health actions to primary health care - challlenges and posssibilities: the experience of the CEREST in Juiz de Fora, MG

José Luís da Costa Poço; Elizabeth Costa Dias

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):38-46, Abr/Jun, 2010

O estudo analisa a experiência de descentralização das ações de Saúde do Trabalhador para a Atenção Primária à Saúde, desenvolvida e coordenada pelo Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST) de Juiz de Fora, Minas Gerais, entre maio de 2003 e abril de 2008, buscando contribuir para o aperfeiçoamento das políticas de Saúde do Trabalhador no SUS. Baseia-se no conceito de descentralização ou desconcentração das ações de saúde para descrever, a partir de breve histórico, o processo desenvolvido, suas etapas, os fluxos de referência e contra-referência e os instrumentos utilizados. Com base em registros do CEREST-JF, é apresentado o perfil dos 743 usuários organizados em dois subgrupos: 292 usuários que passaram pelo processo em 2004 e 79 usuários em 2007. A frequência de diagnóstico de doença relacionada ao trabalho foi de 68,4% no grupo de 2004 e de 50,7% em 2007, com destaque para doenças osteo-musculares. Com a desconcentração das ações,em 2004, 72,3% dos usuários não retornaram ao CEREST até 15/4/2008. Os achados reforçam a importância da desconcentração como estratégia para a inserção das ações de Saúde do Trabalhador na Atenção Primária à Saúde e fornecem subsídios para a formulação de políticas e planos de ação destinados a desenvolver ações de Saúde do Trabalhador na Atenção Primária à Saúde, destacando o papel a ser cumprido pelos CEREST.

Palavras-chave Saúde do Trabalhador; Atenção Primária à Saúde; Serviços de Saúde do Trabalhador; Descentralização; Sistemas Locais de Saúde.

This study analyzes the experience of decentralizing workers' health actions to primary health care level, coordinated by the Reference Center of Workers' Health (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) of Juiz de Fora, Minas Gerais, developed from May 2003 to April 2008. The experience and this study have the purpose of contributing for the improvement of public health policies. The study is based on the concept of decentralization of health care and describes the process, including historical aspects, stages, flows and instruments adopted, and users' profile, based on the institution's records. Results show the profile of the 743 users of health services submitted to the process. The frequency of confirmed work related diseases was 68,4% in 292 users that were submitted to the process in 2004 and 50,7% in the group of 2007, especially musculoskeletal diseases. 72,3% of users deconcentrated in 2004 did not return to the CEREST until April 2008. The evidences observed reinforce the importance of decentralization of the health care from CEREST (secondary level) to the Primary Care Level as an appropriate strategy for the insertion of workers' health actions in health system and also provide elements for developing workers' health policies and actions within the National Health System (SUS) of Brazil, emphasizing the CEREST's role.

Keywords Occupational Health; Primary Health Care; Occupational Health Services; Decentralization; Local Health Systems.

7 - Absenteísmo por doença em trabalhadores de uma organização hospitalar pública e universitária

Sickness absenteeism in employees in an public and university hospital

Geraldo Majela Garcia Primo; Tarcísio Márcio Magalhães Pinheiro; Emília Sakurai

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):47-58, Abr/Jun, 2010

INTRODUÇÃO: O absenteísmo-doença, entendido como ausência no trabalho por motivo de doença, pode ser um indicador das condições de saúde dos trabalhadores, que por sua vez interfere na produção, aumenta o custo operacional e reduz a eficiência no trabalho. O hospital é conhecido como um ambiente insalubre, capaz de gerar agravos de natureza física e psíquica. Por sua diversidade de postos de trabalho e múltiplas categorias profissionais, permite estudos comparativos dentro da própria organização.
OBJETIVOS: Analisar os indicadores de absenteísmo por motivo de doença de uma organização hospitalar pelo período de um ano.
MÉTODOS: Analisaram-se todas as licenças-saúde iniciadas em 2006, dos 2790 trabalhadores de um hospital público universitário, contratados sob o regime estatutário ou celetista.
RESULTADOS: 1471 trabalhadores (52,1%) tiveram uma ou mais licenças durante o ano. O índice de absenteísmo foi de 5,3%. A taxa de severidade foi de 8,3 dias, a taxa de gravidade foi de 12,5 dias e o índice de freqüência por trabalhador foi de 1,9. Os fatores de risco identificados foram: sexo feminino, vínculo estatutário, escolaridade fundamental e média, trabalho noturno, tempo de serviço, cargos de enfermagem e operacionais e setores de trabalho diferentes da administração. As nosologias mais freqüentes foram as doenças respiratórias (curta duração), do sistema osteomuscular e tecido conjuntivo (curta e longa duração) e os transtornos mentais e do comportamento (longa duração).
CONCLUSÕES: Os fatores de risco sócio-demográficos e da organização do trabalho influenciam nas estatísticas de absenteísmo. Sua identificação e monitoramento possibilitam a intervenção e melhoria das condições de trabalho.

Palavras-chave Absenteísmo; Saúde do Trabalhador; Doenças Profissionais/epidemiologia; Hospitais Universitários/recursos humanos.

INTRODUCTION: sick leave, taken as absence from work due to illness, may be an indicator of the health of workers, which in turn interferes with the production, increases the operating cost and reduces work efficiency. The hospital is known as an unhealthy environment, can generate physical e mental health problems. A diversity of jobs and many professional categories allow comparisons within the organization itself.
OBJECTIVES: To analyze the rates of absenteeism due to illness in a hospital organization for one year.
METHODS: We analyzed all licenses health started in 2006, of the 2790 workers of a public university hospital, contracted under a statutory or "celetista" system.
RESULTS: 1471 workers (52.1%) had one or more health sick leave during the year. The rate of absenteeism was 5.3%. The severity rate was 8.3 days, the and incapacity rate was 12.5 days and the rate of absence per employee was 1.9. The risk factors identified were female, statutory bond, primary and middle school, night work, length of service, positions of nursing and operational work and different sectors of administration. Sick leaves were mainly produced by the following diseases or group of diseases: respiratory disorders (short term); musculoskeletal disorders (short and long term); and mental or behavioral disorders (long term).
CONCLUSIONS: Risk factors related to social and demographic determinants and risk factors related to work organization are at the grounds of statistics on sickness absenteeism. The identification and surveillance of these risk factors are important for intervention and prevention purposes.

Keywords Absenteeism; Occupational Health; Occupational Diseases/epidemiology; Hospitals, University/manpower.

8 - Readaptação Ocupacional de Servidores Públicos: a experiência de uma universidade pública

Occupational rehabilitation of public officers: the experience of a public university

Adriana Judith Esteves Fantini; Andréa Maria Silveira; Poliana de Freitas La Rocca

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):59-65, Abr/Jun, 2010

OBJETIVO: Descrever o perfil dos trabalhadores assistidos pelo Grupo de Readaptação Profissional - GRP de uma universidade entre 2005 e 2007 e avaliar a readaptação profissional na instituição.
MÉTODOS: Análises descritivas das variáveis: idade, tempo de serviço, sexo, estado civil, escolaridade, cargo, local de trabalho, conclusão da Perícia Médica e do GRP, tempo exigido para conclusão, número e dias de afastamento do trabalho e diagnóstico clínico. Para a análise estatística, foi utilizado o programa SPSS.
RESULTADOS: Foram readaptados no período estudado 73 servidores. A idade média foi de 45 anos, 74,0% mulheres, 45,2% casados O tempo médio de serviço foi de 13,6 anos.Quanto à escolaridade, 42,5% dos trabalhadores tinham pelo menos graduação incompleta e 63,0% escolaridade acima da exigida para o cargo ocupado. Os postos de trabalho mais frequentes foram de técnico de enfermagem (21,9%) e assistente administrativo (12,3%) e 64% dos trabalhadores provinham do hospital universitário. O grau de concordância entre as conclusões do Grupo de Readaptação e da Perícia Médica foi de 0,47. Finalizada a readaptação, 49,3% dos servidores permaneceram no mesmo setor.Quanto à patologia, 50,7% ingressaram no GRP por transtornos mentais e comportamentais e 19,2 % por doenças osteomusculares. Concluída a readaptação profissional, o número de afastamentos do trabalho não reduziu mas o número de dias por afastamento diminuiu e as patologias que justificam os afastamentos se diversificaram.
CONCLUSÃO: É necessária maior interação entre o setor de Perícia Médica e o GRP. A readaptação não reduz o número de afastamentos do trabalho por motivo de doença.

Palavras-chave Saúde do Trabalhador; Emprego; Readaptação ao Emprego; Reabilitação.

OBJECTIVE: This study has the purpose of describing the profile of the rehabilitated employees between 2005 and 2007, and to evaluate the outcomes of the actions delivered by the Occupational Rehabilitation Group - ORG of a university.
METHODS: A descriptive analysis was carried out assessing the following variables: age, gender, marital status, schooling, occupation, workplace, job tenure, sick leave days, Legal Medicine Appraisal Group (LMAG) conclusion and ORG conclusion of cases assisted. The data were analyzed by SPSS statistical programs.
RESULTS: 73 workers were readapted during this time. The mean age was 45,0, 74,0% were women, 45,2% were married, the median work tenure was 13,6 years. 42,5% had at least partially graduate level and 63,0% had schooling level above of required for the job. The most frequent jobs were nursing technicians (21,9 %) followed by administrative technicians (12,3 %). 64% of the workers came were employees of the university hospital. The agreement grade between the conclusions of the LMAG and the ORG was 0,47. At the end of rehabilitation, 49,3% of workers stayed at the same workplace, 42,5% changed of workplace. 50,7% were attended by the ORG for mental and behavior disorders and 19,2 % by musculoskeletal disorders. After rehabilitation the number of sick leaves did not reduce, but the number of days for each sick leave decreased and the diagnosis that justify the sick leave became dispersed in many diseases.
CONCLUSION: Based in our observations, re-adaptation was not good enough to reduce de number of sick leaves. Also, it seems that a most effective integration between the Legal Medicine Appraisal Group and the Occupational Rehabilitation Group is necessary, in order to get more positive outcomes.

Keywords Occupational Health; Employment; Employment, Supported; Rehabilitation.

9 - Construção da RENAST em Minas Gerais: a contribuição dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), 2002-2007

Construction of the National Network of Comprehensive Workers' Health Care in the State of Minas Gerais: The Contribution of the Workers' Health Reference Centers, 2001-2007

Elizabeth Costa Dias; Cláudia Vasques Chiavegatto; Thais Lacerda e Silva; Juliana do Carmo Reis; Jandira Maciel da Silva

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):66-74, Abr/Jun, 2010

INTRODUÇÃO: Os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador são considerados o eixo da implantação da RENAST, sendo responsáveis pelo apoio técnico das ações de saúde do trabalhador nas diferentes instâncias e serviços do SUS.
OBJETIVOS: O estudo busca conhecer a situação de organização e funcionamento dos CEREST Regionais, contribuindo para o processo de avaliação do desenvolvimento da RENAST no estado de Minas Gerais, no período de 2002 a 2007. Métodos: A combinação de instrumentos envolveu a análise dos planos de trabalho dos CEREST, entrevistas com coordenadores e representantes do controle social e realização de grupos focais com as equipes técnicas.
RESULTADOS: Os resultados mostram dificuldades na definição do papel do CEREST, dilemas sobre a priorização de ações de assistência ou vigilância, necessidade de capacitação das equipes e dificuldades para articulações intra e intersetoriais.
CONCLUSÕES: Nas recomendações, destacam-se: a necessidade de que os Planos de Trabalho levem em consideração o perfil produtivo regional além da adoção de práticas de avaliação contínua e aperfeiçoamento da gestão, a pactuação de indicadores e metas, e inclusão sistemática dos procedimentos de assistência e vigilância sanitária, epidemiológica e ambiental que envolvem a saúde dos trabalhadores, nos sistemas de registro do SUS.

Palavras-chave Saúde do Trabalhador; Sistema Único de Saúde, Avaliação em Saúde; Políticas Públicas de Saúde.Saúde do Trabalhador; Sistema Único de Saúde, Avaliação em Saúde; Políticas Públicas de Saúde.

This study is an assessment of the National Network of Comprehensive Workers' Health Care (RENAST) in the state of Minas Gerais focusing on 15 Workers' Health Reference Centers (CEREST). It was based on a documental analysis of work plans; interviews with coordinators; focus groups with staff, interviews with members of the social control. Results addressed the following main issues: the CEREST roles;the meaning of being a Reference Center in the field of Workers' Health; the dilemma: prioritization been focused on health care or on surveillance; staff training and qualification; and inter-sector relationships: how they should be established? As an outcome, we recommend a review of the act that created RENAST, in order to clarify its role and responsibilities, as well as the criteria for the recognition and appointment of CEREST; the need of a continuous evaluation process and definition of indicators and goals to be achieved; the development of planning processes and their monitoring by the current SUS monitoring and surveillance systems.

Keywords Occupational Health; Single Health System; Health Evaluation; Health Public Policy.

Artigos de Revisão

10 - Bailarinos profissionais e saúde: uma revisão da literatura

Professional dancers and health: a literature review

Caroline Silveira Bolling; Tarcisio Marcio Magalhães Pinheiro

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):75-83, Abr/Jun, 2010

O bailarino é um artista com demandas físicas comparáveis às de um atleta de alta performance e a um profissional de dedicação integral, com um longo período de formação. A saúde do bailarino apresenta especificidades, ainda pouco investigadas. As lesões musculoesqueléticas são o maior enfoque da literatura, em virtude das altas incidências. Muitos são os fatores de risco de lesão descritos entre bailarinos. Citam-se idade, gênero, tempo de prática, índice de massa corpórea, treino suplementar, fatores ambientais e biomecânicos. Mais recentemente, foram descritos fatores psicológicos. O tratamento das lesões muitas vezes é postergado em virtude dos compromissos profissionais e do medo do afastamento. Há evidências de que as estratégias de tratamento e prevenção podem diminuir a incidência de futuras lesões. A literatura é recente e heterogênea, o que limita conclusões mais consistentes. Nota-se que fatores relativos à dinâmica e ao processo de trabalho ou a aspectos organizacionais são raramente pesquisados. Uma nova forma de aproximação é necessária para melhor compreensão do processo saúde/doença do bailarino profissional.

Palavras-chave Ferimentos e Lesões; Doenças Profissionais; Dança; Acidentes de Trabalho; Bailarino.

The dancer is an artist with high physical demands who can be compared with an athlete of a high performance and a professional of integral devotion, with a long period of formation. Dancer's health has specific features that are still little investigated so far. Musculoskeletal injuries are the most frequent focus of the studies, due to their high incidence. There are many risk factors described in dancers, like: individual's characteristics as age, gender and time of practice, body mass index (BMI), supplementary training, environmental factors, biomechanical factors, and more recently, psychological factors have been more focused in the studies. Also, the treatment of injuries is usually delayed because of professional commitments, aggravated by the fear of missing show sessions. Preliminary evidences suggest that appropriate strategies of treatment and prevention could avoid the development of further injuries. The literature on this issue is young and very heterogeneous, limiting more consistent conclusions. It is also observed that factors related to work process and dynamics, as well as work organization, are poorly approached, so far. So, new approaches are required in order to improve the understanding on the health-disease process in professional dancers.

Keywords Wounds and Injuries; Occupational Diseases; Dancing; Accidents, Occupational; Dancer.

Relato de Caso

11 - Dermatite de contato alérgica à resina de Pinus oocarpa em trabalhadora rural: relato de caso

Allergic Contact Dermatitis caused by Pinus oocarpa resin in a female rural worker: case report

Marcela Sousa Nascimento; Luciana Ribeiro de Morais; André Francisco Silva Carvalho; Tarcísio Márcio Magalhães Pinheiro; Andréa Maria Silveira

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):84-87, Abr/Jun, 2010

Relata-se, neste artigo, um caso de Dermatite de Contato Alérgica (DCA) Ocupacional à resina de Pinus oocarpa em uma trabalhadora rural atendida no Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador de Minas Gerais (CEREST/MG). Trata-se de patologia comum e com repercussões financeiras importantes. O objetivo do trabalho é relatar, discutir e chamar a atenção da classe médica em geral para a causa ocupacional da DCA, que pode causar um impacto significativo na qualidade de vida dos trabalhadores.

Palavras-chave Dermatite Alérgica de Contato, Pinus; Doenças Profissionais.

A case report of an Occupational Allergic Contact Dermatitis (ACD) caused by Pinus oocarpa resin in a female rural worker referred to the Worker's Health State Reference Center of Minas Gerais (CEREST/MG). The disease is extremely frequent and may pose an appreciable economic impact. The objective of this paper is to report, discuss and alert the doctors about the occupational cause of ACD, a disease that may produce an important impact on workers' quality of life.

Keywords Dermatitis, Allergic Contact; Pinus; Occupational Disease.

12 - Dificuldades no diagnóstico das doenças respiratórias relacionadas ao asbesto: relato de três casos

Difficulties in diagnosis of asbestos-related respiratory diseases: report of three cases

Ana Paula Scalia Carneiro; Lucille Ribeiro Ferreira; Lailah Vasconcelos Oliveira; Antônio Braz Pereira Júnior; Andréa Maria Silveira; René Mendes

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):88-93, Abr/Jun, 2010

As fibras de asbesto são minerais amplamente utilizados em diversas atividades industriais, apesar de sua extrema patogenicidade para trabalhadores e outras pessoas expostas. No entanto, muito escassos são os estudos de casos publicados em nosso estado e em nosso país acerca do tema. Este artigo tem o propósito de compartilhar os principais achados e as características de três casos de doenças respiratórias relacionadas ao asbesto (amianto). Adicionalmente, o artigo tenta identificar as principais dificuldades para o adequado diagnóstico dessas doenças, bem como discute as principais razões pelas quais essas doenças ainda são sub-diagnosticadas e sub-notificadas em nosso país.

Palavras-chave Asbesto; Doenças Profisionais; Pneumoconiose; Saúde do Trabalhador.

Asbestos are mineral fibers largely present in several mining and industrial activities, in spite of their extremely high patohogenicity for workers and other exposed people. However, just a few reports have been published in our country and state. This paper has the purpose of sharing the main findings and features of three cases of asbestos-related respiratory diseases. Additionally, this paper tries do identify the main difficulties in carrying out appropriate diagnosis of such diseases, as well as the discussion of the main reasons why these diseases are still under-diagnosed and under-reported in our country.

Keywords Asbestos; Occupational Disease; Pneumoconiosis; Occupational Health.

13 - Mesotelioma maligno de pleura e exposição ocupacional ao asbesto: relato de dois casos diagnosticados em Belo Horizonte, Minas Gerais

Malignant pleural mesothelioma and occupational exposure to asbestos: report of two cases diagnosed in Belo Horizonte, Minas Gerais

José Geraldo Felix de Seixas Maciel; Ana Paula Scalia Carneiro; Larissa Fiorentini; Luciana Ribeiro de Morais; Clarissa Almeida Teixeira de Carvalho; Elver Andrade Moronte; Bruna de César Mattos

Rev Med Minas Gerais; 20.(2 Suppl.2):94-98, Abr/Jun, 2010

O asbesto é sabidamente causador de doenças tais como, espessamento pleural, asbestose, câncer de pulmão e mesotelioma maligno. Em diversos países, seu uso foi banido mas, no Brasil, incluindo Minas Gerais, continua sendo extraído e ainda largamente utilizado. Entretanto, os registros nacionais de mesotelioma maligno de pleura mostram taxas de incidência muito aquém da esperada, sugerindo falta de identificação e subnotificação da doença.
OBJETIVO: Chamar a atenção para a existência de casos de mesotelioma pleural de etiologia ocupacional em Minas Gerais.
METODOLOGIA: Descrição de dois casos de mesotelioma pleural diagnosticados em Belo Horizonte, nos anos de 2004 e 2005.
DISCUSSÃO: Dado que o pico da utilização de asbesto no Brasil se deu nas décadas de 1980 e 1990 e que o tempo de latência entre a exposição e o aparecimento do mesotelioma é de mais de 30 anos, acredita-se que ocorra um aumento nas taxas de incidência nos próximos anos. Portanto, os profissionais de saúde devem estar treinados para o resgate do nexo causal por meio de anamneses cuidadosas. Considerando o potencial carcinogênico e a impossibilidade do uso seguro do asbesto, são necessárias políticas para o banimento da extração, transformação e uso do mineral no Brasil.

Palavras-chave Asbesto; Mesotelioma; Neoplasias.

Asbestos is a well-known cause of many diseases, such as: pleural thickening, asbestosis, lung cancer, and malignant mesothelioma. Asbestos use has already been banned in many countries around the world, but in Brazil, including Minas Gerais, it continues to be extracted and widely used. However, Brazilian registers on malignant pleural mesothelioma report rates which are much lower than expected, which suggests a lack of identification and report of the disease.
OBJECTIVE: This study aims at calling attention to the existence of occupational pleural mesothelioma cases in Minas Gerais.
METHODOLOGY: This study presents a description of two cases of pleural mesothelioma from occupational exposures, diagnosed in Belo Horizonte, in 2004 and 2005.
DISCUSSION: Given that the peak of asbestos use in Brazil occurred in the 1980's and 1990's and the latency period between onset of exposure and the appearance of mesothelioma is, usually, longer than 30 years, it is believed that the incidence rates will be on the rise in the coming years. Therefore, health professionals must be trained to establish occupational relatedness, through careful anamnesis. Considering the carcinogenic potential and the impossibility of a safe use of asbestos, public policies therefore become necessary to implement a ban of the extraction and use of this mineral in Brazil.

Keywords Asbestos; Mesothelioma; Neoplasms.