RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 24. (Suppl.6)

 

Apresentação

1 - O Curso de Medicina da Faculdade da Saúde e Ecologia Humana

João Lúcio dos Santos, Ricardo Guimarães

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S1-S2, , 2014

Editorial

2 - Produção Institucional do Saber Médico

Edson Nascimento Campos, Jonas Carlos Campos Pereira, Anna Barbara de Freitas C. Proietti, Assuero Rodrigues da Silva, Jacqueline de Castro Laranjo, Márcio Vinícius Lins de Barros, Marcos de Bastos, César Coelho Xavier, Fernando Augusto Proietti

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S3, , 2014

Artigos Originais

3 - Análise das taxas de mortalidade por causas externas e doenças crônicas não transmissíveis, em Vespasiano e cidades na região metropolitana de Belo Horizonte. 2000-2011

Mortality rates due to external causes and noncommunicable diseases, in Vespasiano and other cities from Belo Horizonte metropolitan area. 2000-2011

Daniel de Pinho Botelho; Bárbara Faria Corrêa Vilela; Carolina Braichi Camargos; Felipe Carvalhaes Possas; César Coelho Xavier; Fernando Augusto Proietti

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S6-S14, , 2014

INTRODUÇÃO: globalmente ocorre diminuição das taxas de mortalidade por doenças infecciosas e aumento das taxas de mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e causas externas (CE). Em Vespasiano ocorreu aumento dessa última e redução das taxas por DCNT, o que não foi observado em Belo Horizonte (BH) e no Brasil.
OBJETIVOS: determinar e quantificar as taxas de mortalidade por CE e DCNT, em Vespasiano e cidades da região metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Analisar graficamente a associação entre taxas de mortalidade, velocidade de crescimento populacional e segregação socioeconômica espacial.
MÉTODOS: estudo ecológico com análise secundária de série histórica de óbitos (CE e DCNT) de 2000 a 2011, do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, para 12 cidades da RMBH com população > 50.000 habitantes.
RESULTADOS: em Vespasiano ocorreu expressivo crescimento populacional (39,6%) entre 2000 e 2011. Em 2010, apresentou a maior proporção da população residindo em aglomerados subnormais ("favelas") (20,2%), muito superior à da capital (12,9%) e três vezes maior do que média para a RMBH (6,0%). Nesse período, a cidade teve a maior média das taxas de mortalidade por CE comparada a BH e Brasil (11,0; 8,7 e 7,8%, respectivamente). Ao contrário do Brasil (+17,2%) e semelhante a BH (-18,3%), Vespasiano destaca-se pela tendência à queda das DCNTs (-36,4%). Em 2011, alcançou a menor taxa de mortalidade por DCNT da RMBH.
CONCLUSÃO: em Vespasiano, no período estudado, ocorreu expressivo crescimento populacional e importante proporção da população residia em aglomerados subnormais. Nesse mesmo período, as taxas de mortalidade por causas externas mantiveram consistente aumento.

Palavras-chave Coeficente de Mortalidade; Causas Externas; Doença Crônica; Saúde da População; Desigualdades em Saúde.

INTRODUCTION: Worldwide there are decreasing mortality rates from infectious diseases and increasing rates due to noncomunicable diseases (NCDs) and External Causes (EC). In Vespasiano there was an increase in the EC mortality rates and declining rates due to NCDs, what was not observed in Belo Horizonte (BH) and in the country as a whole.
OBJECTIVES: to determine and quantify the mortality rates due to EC and NCDs, in Vespasiano and other cities from Belo Horizonte Metropolitan Area (BHMA). To graphically analyze the association between mortality rates, population growth and economic and spatial segregation.
METHODS: Ecological study based on secondary data analysis of cause of deaths due to EC and NCDs from 2000 to 2011 from National Health Database System, Brazillian Health Department. Twelve cities from BHMA with population of 50,000 or greater were included.
RESULTS: In Vespasiano there was an expressive population growth (39.6%), between 2000 and 2011. In 2010 it had the higher population proportion living in subnormal agglomerates ("favelas") (20.2%), much higher than the State's capital (12.9%) and the BHMA average (6.0%). During this period the city had higher mortality rates due to CE compared to BH and Brazil (11.0; 8.7 and 7.8% respectively). Differently from Brazil (+17.2%) and similar to BH (-18.3%), Vespasiano is remarkable by its diminush-ing trend of NCDs (-36.4%). In 2011, the city reached the lowest mortality rate due to NCDs among BHMA cities.
CONCLUSION: In Vespasiano, during the studied period, the city presented an expressive population growth and an important proportion of its citizens living in subnormal agglomerates. During the same period, mortality rates due external causes increased steadly.

Keywords Mortality Rate; External Causes; Chronic Disease; Urban Health; Health Inequalities.

4 - Avaliação da cobertura vacinal em crianças de um a dois anos pelo monitoramento rápido de cobertura em Vespasiano

Evaluation of vaccination coverage in children one to two year old using the fast coverage monitoring method in the city of Vespasiano

Ana Luiza de Castro; Anna Carolina Silva Soares; Natália de Carvalho Alves; Nathalia Montecino Vaz de Melo; José Geraldo Leite Ribeiro; Silmar Paulo Moreira Rates

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S15-S20, , 2014

INTRODUÇÃO: a cobertura vacinal pode ser determinada por três métodos distintos: administrativo, inquérito e o monitoramento rápido de cobertura (MRC). No Brasil, o método mais utilizado é o administrativo. Porém, considerando-se a heterogeneidade nos resultados, o Ministério da Saúde institucionalizou o MRC como a principal ferramenta para verificação rotineira da situação vacinal. Este estudo avaliou se as coberturas tetravalente e contra febre amarela e influenza estavam de acordo com o preconizado pelo Programa Nacional de Imunizações a partir da realização de um MRC. Trata-se de um estudo populacional descritivo.
MÉTODOS: o cálculo amostral baseou-se no protocolo de MRC do Ministério da Saúde e constituiu-se de crianças de um a dois anos, residentes em áreas de abrangência de duas unidades de saúde do bairro Célvia, em Vespasiano.
RESULTADOS: a cobertura encontrada, tetravalente e contra febre amarela, no Célvia 1 foi de 100% e no Célvia 2 de 96%. Em relação à influenza, a cobertura variou de 68% no Célvia 1 a 75% no Célvia 2. Não houve diferença estatística significativa entre os valores, com p variando de 0,754 a 1,000.
CONCLUSÃO: as coberturas obtidas pelo monitoramento rápido de cobertura para as vacinas tetravalente e contra febre amarela em ambas as áreas estudadas corresponderam à meta operacional preconizada pelo PNI (95%). Em relação à vacina contra influenza, observou-se cobertura vacinal abaixo do recomendado (80%) nas duas unidades de saúde. Embora não tenha sido possível fazer uma comparação estatística, observou-se diferença entre a cobertura administrativa e o MRC em relação à vacina Influenza.

Palavras-chave Cobertura Vacinal; Vacinas; Vacinas contra Difteria; Tétano e Coqueluche Acelular; Imunização;Programas de Imunização; Febre Amarela.

INTRODUCTION: Vaccination coverage can be determined through three different methods: Administrative, Baseline Study and rapid Monitoring of Vaccination Coverage (MVC). From those, Administrative method is the most used in Brazil. However, due to heterogeneity in vaccination coverage results, MVC was recommended by the Ministry of Health as a supervisory tool to verify vaccination status. This population-based descriptive study aimed at evaluating if vaccination coverage for tetravalent, yellow fever and influenza vaccines were in accordance with Brazil's National Immunization Program (NIP) recommendations when MVC was used.
METHOD: Sample calculation, having the MVC Protocol from the Ministry of Health as a basis, included children aged 1 to 2 years old, who lived in areas covered by two different outpatient care units (Célvia 1 and Célvia 2) in Célvia neighborhood, Vespasiano, Brazil.
RESULTS: Yellow fever and MMR vaccines coverage was 100% at Célvia 1 and 96% at Célvia 2. Influenza coverage has varied from 68% at Célvia 1 to 75% at Célvia 2. Those values showed no significant statistical difference, with p-value varying from 0.754 to 1.000.
CONCLUSION: Use of MVC at Célvia 1 and Célvia 2 showed that yellow fever and tetravalent vaccines coverage reached NIP target (95%). A different result was shown for influenza vaccine, whose coverage was under the recommended target (80%) in both outpatient care units. A difference between administrative coverage and MVC was found, although a statistical comparison is not possible.

Keywords Immunization Coverage; Vaccines; Diphtheria-Tetanus-acellular Pertussis Vaccines; Immunization; Immunization Programs; Yellow Fever.

5 - Concordância entre informações do SISPRENATAL e o recordatório materno em relação à idade gestacional no momento do início do cuidado pré-natal

Agreement between SISPRENATAL and mother's recall for gestational age at prenatal care initiation

Lúcio Rodrigues Verani; José Antonio Ferreira; Roger William Rochat; Michelle Oliveira; Teodoro Amorim; Amanda Jiran; Juan Shedan Leon

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S21-S27, , 2014

Comparou-se o início da atenção pré-natal durante o primeiro trimestre da gravidez (adequação do início do acompanhamento) a partir de entrevistas com as mulheres e a coleta de dados junto ao sistema de informações de saúde pré-natal (SISPRENATAL). Foram entrevistadas 238 mulheres que fizeram o pré-natal nas Unidades da Saúde da Família em Vespasiano, Minas Gerais. Informações sobre a idade gestacional e primeira visita pré-natal foram coletadas. As entrevistas e a análise do SISPRENATAL indicaram que cerca de 30% das mulheres tiveram início de acompanhamento pré-natal inadequado. Entrevistas e os dados do SISPRENATAL tiveram um nível razoável de concordância pela análise de adequação da iniciação (Kappa=0,35; IC 95%: 0,22-0,48). A partir de modelos de regressão observou-se que a concordância foi mais provável quando as mulheres se recordavam dos procedimentos de acompanhamento ou quando não utilizaram o setor privado. O uso do setor privado (16,4%) foi associado a data mais tardia de inclusão da gestante no SISPRENATAL, quando comparado com as entrevistas. Em resumo, diferenças entre o recordatório materno e o SISPRENATAL foram associadas à não lembrança das informações por parte das mulheres entrevistadas e ao acompanhamento junto ao setor privado. Apesar da limitação do viés de memória, o recordatório materno foi considerado mais fidedigno do que o SISPRENATAL na obtenção de dados sobre o início do acompanhamento da gestante na rede pública de saúde.

Palavras-chave Cuidado Pré-Natal; Avaliação em Saúde; Viés (Epidemiologia); Indicadores.

We compared the initiation of prenatal care during the first trimester of pregnancy (adequacy of initiation) between mother's recall and the prenatal health information system (SISPRENATAL). We asked 238 women that received prenatal care at Family Health Units in Vespasiano, Minas Gerais their gestational age at first prenatal visit. Both recall and SISPRENATAL indicated that 30% of women had inadequate initiation. There was fair agreement in the adequacy of initiation (Kappa=0.35, 95% CI: 0.22-0.48) between recall and SISPRENATAL. Through regression models, we found that agreement was more likely with mother's shorter recall period and non-use of the private sector. Use of the private sector (16.4%) was also correlated with a later date of initiation by SISPRENATAL than by mother's recall. In sum, differences in the adequacy of initiation between recall and SISPRENATAL were associated with longer recall periods and with use of the private sector. Despite the limitation of recall bias, mother's recall is preferable to SISPRENATAL for capturing the public use by the pregnant women.

Keywords Prenatal Care; Health Evaluation; Bias (Epidemiology); Indicators.

6 - Anticorpos antifosfolípides em adultos com púrpura trombocitopênica imune

Assessment of antiphospholipid antibodies in adult patients with immune thrombocytopenic purpura

Marcos de Bastos, Bruna Martins Paiva, Maíra Guimarães Corade Reis, Samila Prado Martins Costa, Jéssica de Paula Paschoalino

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S28-S32, , 2014

INTRODUÇÃO: a púrpura trombocitopênica imune (PTI) é doença autoimune adquirida, caracterizada por trombocitopenia. A PTI em adultos usualmente apresenta evolução crônica e o diagnóstico é sugerido pela exclusão de outras causas de trombocitopenia. Anticorpos antifosfolípides (AAF) com perda fetal ou trombose vascular definem a síndrome antifosfolípide (SAF). AAFs também podem ser identificados em portadores adultos de PTI. O objetivo deste estudo foi avaliar as associações entre AAF e PTI e entre PTI AAF positivo e TV.
MÉTODO: trata-se de estudo de coorte incluindo pacientes com PTI atendidos em um ambulatório de um hospital público em Belo Horizonte, entre 1981 e 2006. Os dados relativos ao diagnóstico e ao acompanhamento foram extraídos de prontuários médicos, de laudos laboratoriais e por pesquisa telefônica.
RESULTADOS: foram diagnosticados 65 adultos com PTI, dos quais 28 (43,1%) foram avaliados para AAF. Cinco pacientes foram AAF positivo (18% dos pacientes avaliados, intervalo de confiança de 95% - 7,3% a 33,9%). Não houve diferença entre os grupos AAF positivo e AAF negativo em relação à idade e evolução clínica. Houve tendência ao predomínio de pacientes masculinos no grupo AAF positivo (valor p 0,08, teste qui-quadrado). Nenhum evento trombótico foi observado em 956 meses acumulados de observação.
CONCLUSÃO: observou-se AAF em 18% dos pacientes com PTI de adultos, mas não se constatou evento trombótico em pacientes com PTI.

Palavras-chave Púrpura Trombocitopênica Idiopática; Trombose Venosa; Anticorpos Antifosfolípides.

INTRODUCTION: Immune Thrombocytopenic Purpura (ITP) is an acquired autoimmune disease characterized by low-platelet counts. ITP in adults usually runs a chronic course and the diagnosis is suggested by ruling out other diseases that may cause thrombocytopenia. Antiphospholipid antibodies (aPL) may be associated with vascular thrombosis or fetal loss as defined by the Antiphospholipid Syndrome (APS). aPL may also be found in adult ITP. The aim of this study was to evaluate the association between aPL and ITP between aPL and venous thrombosis.
MATERIAL AND METHODS: The study is a cohort comprising adult IPT patients who attended a large public hematological unit in Belo Horizonte, Minas Gerais, from 1981 to 2006. Data on diagnosis and follow-up were abstracted from medical record, laboratory databases and by telephone interviews.
RESULTS AND DISCUSSION: A total of 65 adults were identified with adult ITP of whom 28 (43,1%) had aPL tested. Five ITP patients were aPL positive (18%, 95% CI 7.3 to 33.9). There was no difference between aPL positive and negative ITP patients regarding age and clinical evolution but there was a trend towards male overrepresentation in aPL positive ITP patients (p value 0.08, chisquared test). No venous thromboembosis was observed in 956 cumulative months of observation.
CONCLUSION: We observed aPL in 18% of adult ITP patients but no thrombosis in adult ITP patients.

Keywords Purpura, Thrombocytopenic, Idiopathic; Venous Thrombosis; Antibodies, Antiphospholipid.

7 - Transmissão do HTLV-1/2 em grupos familiares: possíveis vias de contaminação

HTLV-1/2 transmission in family groups: possible routes of contamination

Cláudia Leal Ferreira Horiguchi; Mariana Amaranto de Souza Damásio; Rafael Henrique Campolina Bastos; Gabriela Seabra Freitas; Débora Reiss Borowiak; Mariana de Melo Santos; Bráulio Roberto Gonçalves Marinho Couto; Anísia da Soledade Dias Ferreira; Marina Lobato Martins; Maria Sueli Namen Lopes; Anna Barbara de Freitas Carneiro Proietti

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S33-S39, , 2014

INTRODUÇÃO: portador assintomático do vírus linfotrópico de células T humanas (HTLV), sem conhecimento de sua positividade, pode transmiti-lo para seus contatos sexuais e familiares.
OBJETIVO: determinar as rotas de transmissão do HTLV dentro dos grupos familiares da coorte Grupo Interdisciplinar de pesquisa em HTLV (GIPH), Belo Horizonte, Brasil.
MÉTODOS: a população do estudo foi formada por indivíduos do sexo feminino, que eram ex-doadoras de sangue com sorologia alterada para HTLV tipo 1 ou 2, detectada após doação de sangue em um hemocentro público (Hemominas) e por seus familiares. A partir dos resultados dos testes sorológicos, foram elaborados heredogramas dos grupos familiares. Em seguida, foram inferidas as possíveis rotas de transmissão do vírus dentro de cada grupo familiar.
RESULTADOS: foram selecionadas 275 mulheres; 206 tiveram pelo menos um familiar testado para HTLV, formando 95 grupos familiares nos quais foi possível deduzir a rota de contaminação. Em 23 (24,2%) grupos familiares observou-se contaminação por via vertical [IC 95% (20,7-27,7)], em 58 (61,1%) por via sexual [IC 95% (57,1-65,0)] e em 14 (14,7%) observou-se a existência de contaminação via sexual e via vertical [IC de 95% (11,8-17,6)].
CONCLUSÃO: os resultados obtidos são compatíveis com os encontrados em alguns países com alta prevalência de HTLV, já que em grandes áreas metropolitanas o vírus é transmitido principalmente por via sexual. É importante reconhecer a endemia do HTLV no Brasil para que sejam elaboradas medidas de prevenção adequadas.

Palavras-chave Vírus 1 Linfotrópico T Humano; Infecções por HTLV-I/transmissão; Transmissão Vertical de Doença Infecciosa; Viroses/transmissão; Doadores de Sangue.

BACKGROUND: An asymptomatic carrier of HTLV-1/2 who is unaware of their serological status can spread the virus in their family group and to sexual contacts. Aim: To determine patterns of HTLV-1/2 infection and transmission in the GIPH cohort, Brazil.
METHODS: The population consisted of former female blood donors found positive for HTLV-1/2 after donating at a public blood center (Hemominas) in Brazil, their mothers and offspring, as well as the partners of male donors who came to be tested and their offspring. The possible pathways of HTLV transmission in these groups were analyzed. Pedigrees were prepared for the family groups after the serologic test results for the family members were ready.
RESULTS: Of 275 women, 206 had relatives tested for HTLV, comprising 95 family groups. In these family groups it was possible to infer that in 23 (24.2%) the contamination occurred by the vertical route [95% CI (20.7 to 27.7)], in 58 (61.1%) through sexual intercourse [CI95% (57.1 to 65.0)] and in 14 (14.7%) both by sexual and vertical routes [CI 95% (11.8 -17.6)].
CONCLUSION: The results we obtained are consistent with those found in some countries with high prevalence of HTLV, since in large metropolitan areas the virus is transmitted primarily through sexual intercourse. The importance of knowing how HTLV is spreading in Brazil is to devise appropriate prevention measures.

Keywords Human T-lymphotropic Virus 1; HTLV-I Infection/transmission; Infectious Disease Transmission, Vertical; Virus Disease/transmission; blood Donor.

8 - Avaliação dos efeitos adversos da tromboprofilaxia medicamentosa em pacientes hospitalizados com delineamentos de coorte e caso-controle aninhado

Assessment of pharmacological thromboprophylaxis side-effects in hospital-admitted patients in a nested case-control design

Marcos de Bastos; Ivan Rocha Mirabeau; João Felipe Machado Campos; Mauro Palma Júnior; Teodoro Osório Amorim; Jacson Silveira Caiafa

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S40-S45, , 2014

INTRODUÇÃO: pacientes hospitalizados apresentam risco aumentado de 10 vezes para trombose venosa (TV) em relação a pacientes comunitários. A tromboprofilaxia (TP) visa a reduzir o risco trombótico de pacientes selecionados, podendo ser medicamentosa ou não medicamentosa (mecânica). A TP medicamentosa associa-se a efeitos adversos como a trombocitopenia induzida por heparina (HIT) ou hemorragias. Este trabalho visou mensurar os efeitos adversos da TP medicamentosa e identificar os determinantes de efeitos adversos.
MATERIAL E MÉTODO: o estudo apresenta delineamento de caso-controle aninhado em uma coorte. Foram selecionados quatro controles (pacientes sem efeitos adversos associados à TP medicamentosa) para cada caso índice (paciente com efeito adverso), pareados por idade, data do desfecho e gênero. Razões de chances (OR) ou riscos relativos (RR) com respectivos intervalos de confiança de 95% foram calculados. As ORs foram ajustadas para confundimento utilizando-se regressão logística multivariada.
RESULTADOS: foram estudados 21.158 pacientes no delineamento de coorte. O RR para qualquer evento adverso em participantes que receberam TP medicamentosa foi de 5,02 (IC 95% 2,91-8,64). Após ajuste para confundimento, a OR foi de 3,94 (IC 95% 2,01-7,71). No delineamento de caso-controle, a TP medicamentosa esteve associada à OR de 2,4 (IC 95% 1,28-4,63) para evento adverso. Participantes na clínica ginecológico-obstétrica apresentaram risco aumentado para eventos adversos (OR ajustada 4,72, IC 95% 1,60-11,62).
CONCLUSÃO: o risco de evento adverso com TP medicamentosa foi quatro vezes mais alto do que o risco em participantes com TP mecânica ou sem TP, estando a hospitalização na clínica ginecológico-obstétrica associada a elevado risco.

Palavras-chave Trombose Venosa; Trombose Venosa/prevenção & controle; Hospitalização; Estudos de Casos e Controles; Razão de Chances.

INTRODUCTION: Hospital admissions are associated with a ten-fold increase in venous thrombosis risk compared with community patients. Thromboprophylaxis (TP) in selected atrisk patients reduces the thrombotic risk by two thirds either by pharmacological or mechanical means. Pharmacological TP may also be associated with side effects such as heparininduced thrombocytopenia (HIT) or bleeding. The objectives of this study were to measure the side effect risks of pharmacological TP and to identify side effects determinants.
MATERIAL AND METHODS: This is a nested case-control study including cohort and case-control analysis. Four controls (patients without a side effect associated with pharmacological TP) were matched by age, gender and date of event to each index case (patient with a side effect associated with pharmacological TP). The results were expressed as odds ratios (OR) or relative risks (RR) with corresponding 95% confidence intervals (95% CI).
RESULTS: A total of 21,158 patients were enrolled in the cohort design. The RR for any side effect in participants who received pharmacological TP was 5.02 (95% CI 2.91­8.64) compared with those who did not. After adjusting for confounders, OR was 3.94 (95% CI2.01-7.71). In the case-control analysis, pharmacological TP was associated with OR of2.44 (95% CI 1.28-4.63) for adverse event. Participants from the Gynecological-Obstetrical Clinic were at higher risk for side effects (adjusted OR 4.72, 95% CI 1.60-11.62).
CONCLUSION: Pharmacological TP increases the side effect risk four-fold when compared with participants with mechanical TP or no TP. Gynecological-Obstetrical patients are at increased risks for side effects.

Keywords Venous Thrombosis; Venous Thrombosis/prevention & Control; Hospital Admission; Case-Control Studies; Odds Ratio.

9 - Eficácia da tromboprofilaxia não farmacológica em pacientes hospitalizados: estudo caso-controle aninhado

Non-pharmacological thromboprophylaxis efficacy in hospitalized patients: a nested case-control study

Marcos de Bastos; Luciana Mendes Oliveira; Clarissa Santos Lages; Fernanda Martins Cunha de Carvalho; Maria Carolina Luiza Gonçalves; Rafael de Souza Menezes; Rosângela Carrusca Alvim; Jackson Silveira Caiafa; Sandhi Maria Barreto; Suely Meireles Rezende

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S46-S53, , 2014

INTRODUÇÃO: a trombose venosa adquirida durante hospitalização (TV) é complicação potencialmente fatal, mas prevenível pela tromboprofilaxia primária (TP), que pode ser farmacológica ou não farmacológica (TPNF). A TPNF inclui mobilização precoce do paciente no leito, meias elásticas compressivas graduadas ou compressão pneumática intermitente de membros inferiores. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da TPNF em pacientes admitidos em hospital público, ajustando para confundimento por indicação.
MATERIAL E MÉTODO: este é um estudo com análise de caso-controle aninhado em coorte do programa de TP do Hospital Naval Marcílio Dias, Rio de Janeiro, entre 1995 e 2001. Os participantes foram pacientes hospitalizados maiores de 18 anos sem anticoagulação ou suspeita de TV à admissão. Casos foram participantes com TV. Cinco controles foram selecionados para cada caso com pareamento por sexo, idade e ano de internação. A medida de desfecho foi a razão de chances (OR) para TV sintomática, diagnosticada objetivamente em participantes submetidos à TPNF comparados a participantes sem TP.
RESULTADOS: houve 76 casos entre 21.067 participantes pareados a 379 controles. A OR não ajustada para TV foi de 0,41 (IC 95% 0,22-0,77) e a OR ajustada para confundimento foi de 0,42 (IC 95% 0,19-0,92). A taxa de incidência para TV entre participantes submetidos à TPNF foi de 1,6 por 1.000 internações e entre participantes sem TP, 4,0 por 1.000 internações.
CONCLUSÃO: após ajustes para fatores de confundimento, o risco de TV foi reduzido pela metade com medidas tromboprofiláticas não farmacológicas em relação a pacientes sem tromboprofilaxia.

Palavras-chave Trombose Venosa/prevenção & controle; Trombose Venosa/epidemiologia; Hospitalização.

INTRODUCTION: Hospital-acquired venous thrombosis (VT) is a potentially fatal but preventable complication. Thromboprophylaxis may include pharmacological or non-pharmacological strategies (NPTP). NPTP may include early patient ambulation, graduated elastic compressive stockings or compressive pneumatic compression of lower limbs. Our objective was to measure NPTP efficacy in a brazilian public hospital.
MATERIAL AND METHOD: This is a case-control study nested in a cohort comprising patients admitted to Hospital Naval Marcílio Dias from 1995 to 2001 who participated in the hospital TP program; Participants were over 18 years of age, without anticoagulation or suspected VT at admission. Cases were participants who developed VT during hospital stay. Five controls were matched by age, gender and date of VT to each index case. Outcome was evaluated by OR for VT comparing participants submitted to NPTB to no TP.
RESULTS: There were 76 cases matched to 379 controls out of 21,067 participants. Unadjusted OR for VT was 0.41 (95% CI 0.22-0.77) and the adjusted OR for confounding was 0.42 (95% CI 0.19-0.92). VT incidence was 1.6/1000 hospital admissions in participants receiving NFTP and 4.0/1000 hospital admissions in participants with no TP.
CONCLUSION: After adjustment for confounding, venous thrombosis risk was halved by non-pharmacological thromboprophylaxis compared with no thromboprophylaxis.

Keywords Venous Thrombosis/prevention & control; Venous Thrombosis/epidemiology; Hospitalization

10 - Uso de hemocomponentes em hospital de médio porte em Belo Horizonte, Minas Gerais

Use of blood in mid-sized hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais

Scheilla de Lima Bastos; Júlio César Corrêa Martins; Michelle Lima de Oliveira; Paulo José Campos Pires; Talita Lages e Vieira; Gilberto Ramos; Bráulio Roberto Gonçalves Marinho Couto; Elizabeth Castro Moreno; Anna Barbara de Freitas Carneiro Proietti

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S54-S60, , 2014

INTRODUÇÃO: a transfusão de sangue tem como objetivo restaurar o volume de sangue e manter a concentração de oxigênio. Pode ser um procedimento essencial para a melhoria do estado geral e preservação da vida dos pacientes, mas pode ter efeitos indesejáveis e até mesmo letais.
OBJETIVOS: avaliar o perfil de transfusão hospitalar e adesão aos protocolos pesquisados.
MÉTODOS: estudo descritivo de série de casos com amostra coletada de forma sistemática, a partir dos registros de solicitações de hemocomponentes do ano de 2012. A distribuição dos dados coletados foi analisada após soma do total em número absoluto e cálculo da sensibilidade.
RESULTADOS: a proporção de solicitações foi maior para pacientes do sexo masculino (54,6%) e a faixa etária com maior prevalência de solicitações de hemotransfusão foi de 60 anos ou mais (40,4% do total). O concentrado de hemácias (CH) foi o componente do sangue com o maior número de pedidos (72,4%), seguido de plasma congelado fresco (PFC) (22,2%) e de concentrados de plaquetas (CP) (6,2%). Entre as indicações de CH, a anemia foi o mais encontrado, seguido por sangramento. O sangramento também foi a principal indicação clínica do PFC. Outras indicações do PFC foram anemia e terapia de coagulopatias/anticoagulação. Pedidos, transfusões e internações não mostraram relação direta temporal durante o ano estudado.
CONCLUSÕES: o estudo das características da demanda de sangue pode auxiliar na observação e previsão de tendências e desfechos. Considerando a análise temporal da demanda de sangue, por exemplo, destaca-se a importância de manter o banco de sangue com reservas suficientes para atender às exigências. Além disso, foram encontrados registros de uso acima do esperado de PFC, com indicações não preconizadas pelo hospital e literatura nacional.

Palavras-chave Transfusão de Sangue; Transfusão de Componentes Sanguíneos; Transfusão de Eritrócitos; Transfusão de Plaquetas; Plasma.

INTRODUCTION: Blood transfusion is aimed to restore blood volume and maintain the oxygen concentration. It can be an essential procedure for improving the general condition and preserve the lives of patients, but it may have unwanted and even lethal effects.
AIMS: To evaluate the characteristics and adherence to hospital transfusion protocols surveyed.
METHODS: Descriptive case series study with samples collected systematically from the records of requests for blood products of the year 2012. The distribution of the collected data was analyzed after the total sum in absolute numbers and calculation of sensitivity.
RESULTS: The proportion of requests was higher for male patients (54.3%) and the age group with the highest prevalence of requests for blood transfusion was 60 years or more (40.4% of the total). The packed red blood cells (RBC) was the blood component with the highest number of requests (72.4%), followed by fresh frozen plasma (FFP) (22.2%) and platelet concentrates (PC) (6.2%). Among the indications for RBC, anemia was most frequently found, followed by bleeding. Bleeding was also the main clinical indication FFP. Other indications of the FFP were anemia and coagulopathies / anticoagulation therapy. Orders, transfusions and hospitalizations did not show a direct temporal relationship during the year studied.
CONCLUSIONS: The study of the characteristics of the demand for blood can aid in the detection and prediction of trends and outcomes. Considering the temporal analysis of the demand for blood, for example, emphasize the importance of maintaining the blood bank with sufficient reserves to meet the requirements. Furthermore, usage records higher than expected FFP, with no indications recommended by the hospital and national literature were found.

Keywords Blood Transfusion; Blood Components Transfusion; Erythrocyte Transfusion; Platelet Transfusion; Plasma.

11 - Qualidade de registros de hanseníase em centro de referência no estado de Minas Gerais, no período de 2006 a 2010

Quality of data on leprosy at a reference center in the Minas Gerais state from 2006 to 2010

Ana Carolina Caixeta Bovendorp; Marcela Batista Oliveira; Priscila Said Saleme; Sandra Lyon; Marcos de Bastos

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S61-S65, , 2014

INTRODUÇÃO: a hanseníase é uma doença de impacto mundial. No Brasil, o Sistema de Informação de Agravos Notificáveis (SINAN) registra dados referentes ao controle da hanseníase. Poucos trabalhos analisaram a qualidade dos registros desse sistema em relação à hanseníase. Neste estudo, avaliou-se a qualidade do preenchimento das fichas de notificação da hanseníase.
MATERIAL E MÉTODO: trata-se de estudo de banco de dados de variáveis de fichas do SINAN para hanseníase e registros de prontuários médicos. Analisaram-se 147 fichas de notificação de pacientes diagnosticados com hanseníase no Centro de Referência de Minas Gerais, de janeiro de 2006 a dezembro de 2010. Construiu-se questionário com dados relativos ao prontuário e à ficha do SINAN com dupla coleta e entrada de dados no banco de dados. Para avaliar a qualidade dos registros, verificaram-se a completitude e consistência dos registros e aplicou-se o coeficiente Kappa para confiabilidade.
RESULTADOS: foram avaliados o grau de completitude de 12 variáveis em 147 fichas; 74 (50,3%) apresentaram pelo menos um campo em branco; oito entre 12 variáveis (66,7%) apresentaram percentual superior a 90% de preenchimento. Para a análise da concordância, foram consideradas sete variáveis categóricas, com coeficiente Kappa variando de 0,86 a 1,0.
CONCLUSÃO: a análise de completitude foi similar à de outros trabalhos, porém a confiabilidade dos registros foi diferente de estudos anteriores, que encontraram graus de concordância inferiores ao estudo atual. Mais estudos são necessários para confirmar a qualidade de registros em outros centros e em etapas diferentes do fluxo de informações do SINAN.

Palavras-chave Hanseníase; Hanseníase/prevenção & controle; Hanseníase/ epidemiologia; Reprodutibilidade dos Testes.

INTRODUCTION: Leprosy is a disease of worldwide impact. In Brazil, the Information System of Notifiable Diseases (SINAN) records data relating to leprosy control. Few studies have analyzed data quality of the records of this system in relation to leprosy. In this study, we evaluated the quality of the information reporting forms on leprosy.
METHODS: This is a study of Database variables evaluating data quality from SINAN forms on leprosy and medical records. We analyzed 147 forms with records of patients diagnosed with leprosy at the Reference Center of Minas Gerais from January 2006 to December 2010. We developed a questionnaire based on selected variables extracted from the SINAN form. Data collection and data entry into the database was performed twice. To assess the quality of the records, we evaluated the completeness and consistency of records and applied kappa statistics for data reliability.
RESULTS: We evaluated the completeness of twelve variables in 147 forms; half of the records showed at least one field not filled in. Eight out of twelve variables (66.7%) showed more than 90 % coverage. The kappa statistics ranged from 0.86 to 1.0 (almost perfect to perfect agreement).
CONCLUSION: Analysis of completeness was similar to other studies, but the reliability of the records was different from previous studies that found lower degrees of agreement than the current study. More studies are needed to confirm the quality of records in other centers and in different stages of the SINAN information flow.

Keywords Leprosy; Leprosy/epidemiology; Leprosy/prevention & control; Reproducibility of Results.

12 - Impacto de programa multidisciplinar para redução das densidades de incidência de infecção associada à assistência na UTI de hospital terciário em Belo Horizonte

Assessing the impact of a multidisciplinary program to reduce incidence densities of care associated infection in the intensive care units of tertiary hospital in Belo Horizonte

Daniely Batista Prates; Maria Fernanda Motta Vieira; Thayane dos Santos Leite; Braulio Roberto Gonçalves Marinho Couto; Estevão Urbano Silva

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S66-S71, , 2014

INTRODUÇÃO: infecções hospitalares adquiridas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) têm custo elevado e podem representar uma deficiência da qualidade da assistência. Entre as infecções na UTI, as mais frequentes são: pneumonia associada à ventilação mecânica; infecção primária da corrente sanguínea associada a cateter venoso central; e infecção do trato urinário associada à sonda vesical de demora.
OBJETIVOS: avaliar o efeito de intervenções da equipe multidisciplinar na diminuição da incidência de infecções em UTI de um hospital terciário em Belo Horizonte.
MÉTODOS: realizou-se uma coorte histórica, analisando dados de vigilância em infecção associada a procedimentos invasivos em UTI de um hospital terciário ao longo de cinco anos, entre julho de 2007 e junho de 2012, comparando as densidades de incidência de infecção nesses períodos.
RESULTADOS: observou-se que as densidades de incidência de infecção associada a procedimentos invasivos no início do estudo estavam elevadas nos três sítios e sofreram redução significativa (p<0,05) com as intervenções realizadas.
CONCLUSÕES: houve melhoria dos indicadores de qualidade na UTI a partir de intervenções da equipe multidisciplinar do hospital em estudo, com significativa redução das taxas de infecção.

Palavras-chave Infecção Hospitalar; Terapia Intensiva; Controle de Infecções; Cateteres de Demora; Infecções Relacionadas a Cateter; Infecções Urinárias; Sepse; Pneumonia.

INTRODUCTION: Nosocomial infections in Intensive Care Units (ICUs) are expensive and can reflect a deficiency in the quality of care. The most common nosocomial infections in ICUs are ventilator-associated pneumonia, central line-associated primary blood stream infections and urinary catheter-associated urinary tract infections.
OBJECTIVES: Evaluate the effect of a multidisciplinary team in decreasing the incidence of infections in an ICU of a tertiary hospital in Belo Horizonte.
METHODS: We performed a historical cohort by analyzing surveillance data of infections associated with invasive procedures in a ICU of a tertiary hospital from Jul./2007 to Jun./2012, comparing the incidence densities of infection in these periods.
RESULTS: We observed that the incidence densities of infection associated with invasive procedures at baseline were higher in three main nosocomial sites and fell significantly after the interventions (p < 0.05).
CONCLUSIONS: We observed a significant improvement in quality indicators at ICU after interventions of the multidisciplinary team in the hospital investigated.

Keywords Cross infection; Intensive Care Unit; Infection Control; Catheters, Indwelling; Catheter-related Infections; Urinary Tract Infections; Sepsis; Pneumonia.

13 - Avaliação retrospectiva da sobrevida de 171 pacientes com câncer colorretal após seguimento de três anos

Retrospective evalution of survival for 171 patients with colorectal cancer after trhee years of follow-up

Juliano Alves Figueiredo; Frederico Fonseca Campos; Amanda Jiran Ferreira Marcos; Matheus Matta Machado Mafra; Duque Estrada Meyer; Sara Dalia Barbosa; Geraldo Felício da Cunha Júnior

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S72-S77, , 2014

INTRODUÇÃO: o câncer colorretal (CCR) é um tumor maligno frequente do aparelho digestivo e, no Brasil, representa a quarta causa de óbito. A sobrevida dos portadores de CCR é influenciada por uma série de variáveis, destacando-se o estadiamento tumoral. A principal modalidade terapêutica com perspectiva de cura é a cirúrgica, tendo como tratamentos adjuvantes a quimioterapia e a radioterapia.
OBJETIVO: avaliar a sobrevida, bem como a taxa de complicações anastomótica dos pacientes com CCR acompanhados entre janeiro de 2007 e janeiro de 2013.
MÉTODOS: foi realizado estudo descritivo - série de casos com 171 pacientes. A variável dependente foi o tempo de sobrevida do CCR e as independentes foram faixa etária, sexo, sítio anatômico do tumor, infiltração tumoral e metástase linfonodal.
RESULTADOS: a sobrevida global dos pacientes com CCR no pós-operatório em 12, 24 e 36 meses de acompanhamento foi, respectivamente, de: 83,21, 76,56 e 63,47%. Acometimento linfonodal e o grau de infiltração tumoral representaram as variáveis relacionadas a pior prognóstico. Os sítios tumorais mais comuns foram o reto alto e sigmoide (43,75%), seguido do reto médio (18,75%) e reto baixo (18,75%). A deiscência anastomótica foi a complicação pós-operatória mais frequente (6,43%).
CONCLUSÃO: a infiltração tumoral na parede intestinal e o número de linfonodos positivos influenciaram negativamente o tempo de vida dos pacientes com CCR. A fístula compreendeu a principal complicação anastomótica pós-operatória.

Palavras-chave Cirurgia Colorretal; Taxa de Sobrevida; Prognóstico.

INTRODUCTION: Colorectal cancer (CRC) is a common malignant tumor of digestive tract and, in Brazil, is the fourth leading cause of cancer. The survival of patients with CRC is influenced by a number of variables, especially the tumor staging. The main therapeutic modality with the prospect of cure is surgical, and as adjuvant chemotherapy and radiotherapy treatments.
OBJECTIVE: Evaluate survival, and the rate of anastomotic complications of patients with CCR followed between January 2007 and January 2013.
METHODS: This is a descriptive - series of cases study of 171 patients. The dependent variable was the survival time of the CCR and the independent variables were age, gender, anatomic site of the tumor, tumor infiltration and lymph node metastasis.
RESULTS: The overall survival of patients with CRC postoperatively in 12, 24 and 36 months follow-up, were respectively 83.21%, 76.56% and 63.47%. The presence of lymph node involvement and the degree of tumor infiltration accounted for variables related to worse prognosis. The most common tumor sites were the rectum and sigmoid high (43.75%), followed by the rectum (18.75%) and lower rectum (18.75%). The anastomotic leak was the most common postoperative (6.43%) complication.
CONCLUSION: The tumor infiltration in the intestinal wall and the number of positive nodes influenced negatively on the survival of patients with RCC. The fistula understood the main postoperative anastomotic complication.

Keywords Colorectal Sugery; Survival Rate; Prognosis.

14 - A linguagem viva da divulgação científica como gênero discursivo: a palavra própria e a palavra do outro na enunciação do especialista e do não especialista

The living language of scientific divulgation as a discursive genre: one's own word and the other's word in the specialist's and the non-specialist's enunciation

Edson Nascimento Campos

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S78-S86, , 2014

O gênero da divulgação científica pode ser constituído pela ação da linguagem da palavra própria de um locutor, o divulgador, que se esforça para fazer a aproximação compreensiva da linguagem do especialista (Ciência) à linguagem do não especialista (público). Em virtude disso, os textos de tal gênero fazem aparecer a linguagem da ciência e a linguagem do público sem que uma variedade seja considerada melhor ou pior que outra, uma vez que a compreensão ativa do não especialista é marcada pela força constitutiva da variedade da linguagem do especialista, e vice-versa. Assim, tal gênero se constitui como experiência dialógica de mediação de linguagem, determinada pela palavra viva do divulgador que é, também, determinada pelo cruzamento da palavra viva de enunciações diferentes - a do especialista e a do não especialista - a fim de facilitar a compreensão do público, como efeito discursivo de linguagem, quando esse evento compreensivo é experimentado, como ação dialógica, pelo ouvinte ou pelo leitor.

Palavras-chave Comunicação e Divulgação Científica; Publicações de Divulgação Científica; Linguagem; Literatura; Filologia; Especialização.

As a discursive genre Scientific Divulgation may be produced by the language action of a speaker, the Divulgator's living word. Through his action, this speaker strives to promote the Public's active comprehension of the language used by the Scientist, the specialist. Thus the texts of this genre bring to light both the language of Science and that of the Public, the non-specialist, in such way that both language varieties must be considered as legitimate means of language communication. The Public's active comprehension is produced by the constitutive power of the Scientist's language and, conversely, the Scientist's language is also produced by the constitutive power of the Public's language. Thus, this genre constitutes a dialogic experience of language mediation which is determined by the Divulgator's living word. On the other hand, his living word is determined by the intersection of the living word of different enunciations - that of the specialist and that of the non-specialist - in order to facilitate the Public's comprehension as a discursive effect of language, in which this comprehensive event is experienced as a dialogic action by the listener or reader.

Keywords Scientific Communication and Diffusion; Publications for Science Diffusion; Language; Literature; Philology; Specialization.

15 - Indicadores de processo e de resultados da disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso em escola médica privada

Assessment of a discipline supporting final graduation papers in a private medical school

Jacqueline Castro Laranjo; Márcio Vinícius Lins de Barros; Edson Nascimento Campos; Jonas Carlos Campos Pereira; Braúlio Roberto Gonçalves Couto; Marcos de Bastos

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S87-S96, , 2014

INTRODUÇÃO: os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) sistematizam a atividade acadêmica discente, abordando temas profissionais com orientação docente. O objetivo deste estudo foi avaliar a implantação do TCC no curso de Medicina de instituição de ensino superior privada.
MÉTODO: estudo descritivo abordando TCC da graduação de Medicina entre 2009 e 2014. As avaliações das disciplinas e do processo de aquisição de habilidades científicas foram feitas por questionário. Avaliações institucionais do processo de TCC finalizado e indicadores padronizados foram desenvolvidos.
RESULTADOS: nos últimos sete semestres, 80 TCCs envolveram 315 alunos. Na fase de projetos, médias da autoavaliação dos discentes (n=65) em dois semestres consecutivos foram 9 e 8,7 (desvios-padrão 1,5 e 1,3). A maioria dos discentes reconhece a contribuição da disciplina (53/65, 81,5%) para formar pesquisadores, mas metade não considera aplicar conhecimentos adquiridos em outras áreas (32/65, 49,3%) e imaginam resolver dúvidas profissionais avaliando trabalhos científicos (41/65, 63,1%). A mediana da avaliação institucional dos discentes para o TCC finalizado, entre 2011 e 2013 (n=257), foi 7 com desvio-padrão entre 2,2 e 4,9. A taxa de entrega do TCC nos prazos foi 78/80 (97,5%) e de trabalhos publicados em revistas indexadas, 12/80 (15%). Em 2013, houve 30 projetos indicados para o Comitê de Ética em Pesquisa, com 24 aprovações à primeira submissão (80%).
CONCLUSÃO: o processo de TCC apresenta avaliação regular pelos discentes e bons indicadores de processo e resultados. Estratégias para a compreensão da metodologia científica na qualificação e atualização do conhecimento médico devem ser incentivadas.

Palavras-chave Educação Médica; Pesquisa; Ensino; Dissertações Academicas como Assunto; Documentos; Estudantes.

INTRODUCTION: Disciplines supporting graduation papers (TCC) are suggested by Brazilian graduation authorities. We evaluated the introduction of TCC disciplines in a Brazilian private medical school.
METHOD: This study describes the introduction of TCC disciplines in a private medical school in Brazil from 2009 and 2014. We evaluated scientific knowledge and skills acquisition by medical students throughout the course and during the TCC disciplines. Institutional evaluation of the TCC process and specific outcome measures were developed.
RESULTS: During the previous seven medical terms (6-month periods), 80 studies were concluded including 315 medical students. A total of 65 students performed self-evaluations in project-phase of TCC, showing average results of 9 and 8.7 (standard deviation 1.5 and 1.3). Most (53/65, 81.5%) students recognized the discipline value as research training but many (32/65, 49.2%) do not expect to use their acquired knowledge on other medical disciplines. They recognize however that future medical problems will be evaluated by scrutinizing medical papers (41/65, 63,1%). Institutional evaluation of the TCC process by near-graduation students between 2011 and 2013 showed median of 7 out of 10 (n=257, standard deviation between 2.2 and 4.9). The proportion of studies delivered on time was 78/80 (97,5%) and 12 studies were published in Brazilian peer-reviewed journals. A total of 24/30 studies were approved by the Ethical Committee on first submission (80%) in 2013.
CONCLUSION: TCC disciplines were introduced in a medical school with fair assessment by the students. Strategies to increase medical student awareness of methodological skills importance should be developed.

Keywords Key words: Medical Education; Research; Teaching; Dissertations, Academic as Topic; Documents; Students.

Educação Médica

16 - Proposta do curso de Medicina da Faculdade da Saúde e Ecologia Humana: algumas reflexões

The Faculty of Health and Human Ecology medical course: some thoughts

Aristides José Vieira Carvalho

Rev Med Minas Gerais; 24.(Suppl.6):S97-S100, , 2014

O curso de Medicina da Faculdade da Saúde e Ecologia Humana surgiu como resultado das discussões realizadas por profissionais ligados à área docente e assistencial. Este artigo tem como objetivo apresentar a proposta institucional em relação à formação médica. Trata-se de relato de experiência que faz uma abordagem descritiva e traz reflexões sobre o processo e os desafios que acompanharam a criação e a implementação do curso de Medicina. Entre os principais destaques desse relato cabe destacar a busca pelo "novo", a coragem de mudar e a ousadia de buscar a coerência.

Palavras-chave Estudantes de Medicina; Escolas Médicas; Educação Médica.

The Faculty of Health and Human Ecology medical course emerged as a result of the effort of several teaching and medical professionals. The aim of this paper is to present the institutional commitment in relation to medical training. This is a report that describe and reflects on the challenges associated to the implementation of medical course. We highlights the institutional effort to face the challenging in organizing a new medical course.

Keywords Student's Medical; Schools, Medical; Education, Medical.