RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 23. (Suppl.3)

 

Editorial

1 - Editorial

Editorial

Leonardo Antunes Mesquita

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):11, Out, 2013

Experimental

2 - Preditores para desenvolvimento de arritmia ventricular maligna na cardiopatia chagásica: protocolo de estudo caso-controle

Predictors for development of malignant ventricular arrhythmia in chagas heart disease: case-control study protocol

Bárbara Carolina Silva Almeida; Priscila Isa de Resende; Laura Lopes Nogueira Pinto; André Assis Lopes do Carmo; Manoel Otávio da Costa Rocha; Antônio Luiz Pinho Ribeiro

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):12-17, Out, 2013

INTRODUÇÃO: A doença de Chagas acomete três a quatro milhões de brasileiros. O curso clínico da doença é extremamente variável e aproximadamente um terço dos pacientes infectados desenvolve doença cardíaca potencialmente letal, incluindo arritmias ventriculares malignas e insuficiência cardíaca. Os mecanismos eletrofisiológicos mais frequentemente envolvidos na morte súbita nos chagásicos são representados pela taquicardia ventricular e fibrilação ventricular.
OBJETIVO: Descrever protocolo de estudo que busca preditores da evolução para a morte por arritmia na doença de Chagas.
METODOLOGIA: Está sendo estudada a associação de arritmias malignas com marcadores relacionados à repolarização ventricular (microalternância de onda T e intervalo Tpeak a Tend - TpTe) e aqueles relacionados ao parasitismo e à inflamação, além dos marcadores clássicos de risco na cardiopatia chagásica. Trata-se de estudo do tipo caso-controle e a amostra estimada foi de 240 pacientes chagásicos, sendo 120 casos (arritmia ventricular) e 120 controles (sem arritmia ventricular). Esses pacientes são submetidos a: entrevista médica e exame físico; eletrocardiograma, com medida do intervalo TpTe na derivação V5; ecocardiograma, holter de 24h e teste ergométrico; dosagem de TNF, sTNFR1, sTNFR2, IL-6, MCP-1 e RANTES, BDNF, NT-proBNP e de PCR para Trypanosoma cruzi.
RESULTADOS E CONCLUSÕES: O presente estudo pretende fornecer informações acerca da fisiopatologia e mecanismos patogenéticos das arritmias malignas na doença de Chagas. A identificação de marcadores não invasivos de risco para morte súbita tornará possível a identificação de subgrupos que se beneficiam do implante de CDI.

Palavras-chave Cardiomiopatias; Doença de Chagas; Mortalidade; Morte Súbita; Desfibriladores Implantáveis.

INTRODUCTION: Chagas disease affects three to four million Brazilians. The clinical course of the disease is extremely variable, and about one third of infected patients develop life-threatening heart disease, including malignant ventricular arrhythmias and heart failure. The electrophysiological mechanisms most frequently associated with sudden death in Chagas disease are represented by ventricular tachycardia and ventricular fibrillation.
OBJECTIVE: To study predictors of progression to death from arrhythmia in Chagas disease.
METHODOLOGY: It is being studied the association of markers of malignant arrhythmias related to ventricular repolarization ( micro - alternation of the T wave interval and Tpeak to Tend - TpTe ) and those related to parasitism and inflammation, in addition to the classical risk markers in Chagas heart disease. This is a case-control study and the sample was estimated at 240 chagasic patients, 120 cases (ventricular arrhythmias ) and 120 controls (without ventricular arrhythmias) These patients are being subjected to: medical interview and physical examination; Electrocardiogram, with measurement TpTe interval in lead V5; echocardiogram, Holter 24-hour stress test; determination of TNF sTNFR1, sTNFR2, IL-6, MCP-1 and RANTES, BDNF, NT-proBNP and PCR for Trypanosoma cruzi.
RESULTS AND CONCLUSIONS: The present study aims to provide information about the pathophysiology and pathogenetic mechanisms of malignant arrhythmias in Chagas disease. The identification of non-invasive markers of risk for arrhythmic death will make possible to identify patients who benefit from ICD implantation.

Keywords Cardiomyopathies; Chagas Disease; Mortality; Death, Sudden; Defibrillators, Implantable.

Artigo de Revisão

3 - Hiperidrose compensatória, uma revisão: fisiopatologia, diagnóstico e tratamento

Compensatory hyperhidrosis, a review: pathophysiology, diagnosis and treatment

Rômulo Santos Peçanha Rezende; Ian Rodrigues Caldeira; Ronaldo Peixoto Gontijo; Matheus Marques de Oliveira Brito; Guilherme Messias da Cunha

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):18-22, Out, 2013

A hiperidrose compensatória tem sido reconhecida como o aumento da sudorese que ocorre no pós-operatório de cirurgia de simpatectomia torácica. A simpatectomia torácica é considerada método efetivo e seguro que melhora a qualidade de vida do paciente em casos de sudorese excessiva, mas pode acarretar complicações no pós-operatório. Apesar de ser um problema comum no pós-operatório da simpatectomia, essa condição ainda não é bem esclarecida. Este artigo é uma revisão sobre a hiperidrose compensatória, abordando a fisiopatologia, o diagnóstico e o tratamento. Para isso, foram pesquisados publicações indexadas da área de saúde e livros-textos que auxiliavam na compreensão dessa condição.

Palavras-chave Hiperidrose; Sudorese; Fisiopatologia; Simpatectomia; Cirurgia; Complicações Pós-Operatórias.

Compensatory Hyperhidrosis has been recognized as an increase sweating that occurs in the postoperative thoracic sympathectomy surgery. Thoracic sympathectomy is indicated as an effective and safe method that improves the quality of life of patients in cases of excessive sweating, but can cause complications in the postoperative period. A review of the pathophysiology, diagnosis and treatments of Compensatory Hyperhidrosis, was developed. To do this, several peer-reviewed articles and textbooks were searched. Despite being a common problem in the postoperative sympathectomy, there is a gap in the literature about this condition.

Keywords Hyperhidrosis; Sweating; Physiopathology; Sympathectomy; Surgery; Postoperative Complications.

Educação Médica

4 - Pediatria de A a Z: o uso do meio digital para divulgação de informações sobre saúde - a experiência do projeto Observatório da Criança e do Adolescente da Universidade Federal de Minas Gerais

Pediatria de A a Z: The use of social media to dissaminate health information - The expecience of Observatório da Criança e do Adolescente from Universidade Federal de Minas Gerais

Edison José Corrêa; Joaquim Antônio César Mota; Keyla Christy Christiane Mendes Sampaio Cunha; Ana Conceição Norbim Prado Cunha; Débora Vianna D'Almeida Lucas; Natalia Norbim Prado Cunha

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):23-27, Out, 2013

OBJETIVO: Analisar o cenário atual de divulgação pela internet de informações da área da saúde com ênfase na experiência do "Pediatria de A a Z", eixo que integra o projeto Observatório da Criança e Adolescente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (FM-UFMG).
METODOLOGIA: Revisão bibliográfica utilizando as bases de dados SciELO, Portal Capes e MEDLINE - PubMed.
CONCLUSÃO: O desenvolvimento de estratégias com a finalidade de assegurar a segurança de quem consulta informações sobre saúde em meios eletrônicos - tais como certificação de sites por especialistas, utilização do selo HON Code of Conduct, emitido pela Health On the Net Foundation (HON) pelos sites e a utilização do "Guia Para Encontrar Informações Seguras" por quem procura - é uma questão de saúde pública. Em consonância com essa necessidade, o site do "Pediatria de A a Z" criou um espaço interativo eletrônico certificado por equipe de médicos e estagiários, a fim de orientar os responsáveis por crianças e até as próprias crianças e adolescentes sobre a maneira correta de lidar com diferentes situações.

Palavras-chave Pediatria; Internet; Redes de Comunicação de Computadores; Comunicação em Saúde; Mídias Sociais.

OBJECTIVE: To analyse the current situation of internet dissemination of health information with emphasis on the experience of Pediatria de A a Z, that integrates the project Observatório da Criança e do Adolescente from the Universidade Federal de Minas Gerais.
METHODS: A literature review was made using the data bases SciELO, Portal Capes and MEDLINE-PubMed
CONCLUSIONS: The development of strategies in order to protect the safety of those who consult health information in electronic media, such as the certification of sites by experts, the use of HON Code of Conduct Seal, issued by Health On the Net Foundation (HON) or the use of the "Guia para Encontrar Informações Seguras" is a public health issue. According this need, Pediatria de A a Z created an interactive electronic space, certified by a team of doctors and medical students in order to guide those responsible for children or even the children and adolescentes the right way to deal with different situations.

Keywords Pediatrics; Internet; Computer Communication Networks; Health Communication; Social Media.

Artigo Original

5 - Epidemiologia e análise de sobrevida de pacientes com melanoma metastático de sítio primário conhecido e desconhecido

Epidemiology and analysis of survival of patients with known and unknown primary melanoma site

Gustavo de Oliveira Bretas; Alberto Julius Alves Wainstein; Ana Paula Drummond-Lage; Fernando Augusto de Vasconcellos Santos; Milhem Jameledien Morais Kansaon; Flávia Vasques Bittencourt; Flávia Magalhães Cardoso

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):28-33, Out, 2013

INTRODUÇÃO: O melanoma é essencialmente cutâneo. Em alguns pacientes, não é possível determinar a localização do tumor primário. A incidência de melanoma com sítio primário desconhecido varia de 2 a 15%.
OBJETIVOS: Determinar se há diferença de sobrevida global entre os pacientes com melanoma primário conhecido comparado aos pacientes com melanoma primário desconhecido.
MÉTODOS: Foi realizada análise retrospectiva de pacientes com melanoma no banco de dados da Oncologia Cirúrgica e Cirurgia do Aparelho Digestivo (ONCAD) e identificados aqueles com sítio primário desconhecido e metástases para diferentes locais.
RESULTADOS: O principal local de metástases foi o linfonodo (50%) - inguinais (25%), axilares (16%) e periaórticos (8,3%). Metástases pulmonares foram encontradas em três pacientes (25%). Metástases para fígado, osso e pele foram observadas em um caso cada (8,3%).
CONCLUSÃO: A evolução clínica dos pacientes metastáticos com melanoma de sítio primário desconhecido é melhor em relação aos pacientes metastáticos com lesão primária conhecida, quando os dois grupos estão no mesmo estádio. Dessa forma, o fator mais determinante do curso clínico e do prognóstico é a localização das metástases. A maioria dos pacientes que apresenta doença sistêmica ao diagnóstico perde a chance de cura, como muitos pacientes com cutâneo primário fino e doença regional ao diagnóstico.

Palavras-chave Melanoma; Neoplasias Primárias Desconhecidas; Neoplasias Cutâneas; Recidiva.

INTRODUCTION: Melanoma is essentially cutaneous. In some patients, it is not possible to determine the location of the primary tumor. The incidence of melanoma of unknown primary site varies from 2 - 15%.
OBJECTIVES: To determine whether there is difference in overall survival between patients with known primary melanoma compared to patients with unknown primary melanoma.
METHODS: A retrospective analysis of patients with melanoma in the database of Surgical Oncology and Digestive Surgery (ONCAD) was performed and identified those with unknown primary site and metastases to different locations.
RESULTS: Lymph node was the main site of metastases (50%) - inguinal (25%), axillary (16%) and periaortic (8.3%). Pulmonary metastases were found in three patients ( 25%). Metastasis to the liver, bone and skin were observed in one case each (8.3%).
CONCLUSIONS: The clinical course of patients with metastatic melanoma of unknown primary site is better than metastatic patients with known primary lesion, when both groups are on the same stage. Thus, the most relevant determining factor affecting clinical course and prognosis is the metastasis location. Most patients presenting systemic disease at diagnosis loses the chance of cure as many patients with thin primary cutaneous and regional disease at diagnosis.

Keywords Melanoma; Neoplasms, Unknown Primary; Skin Neoplasms; Recurrence.

Resumos

6 - Temas livres

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):34-35, Out, 2013

7 - Pôsteres

Rev Med Minas Gerais; 23.(Suppl.3):36-52, Out, 2013