RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 27 e-1902 DOI: http://www.dx.doi.org/10.5935/2238-3182.20170090

Voltar ao Sumário

Artigo Original

Relação entre linfometria, carga viral e primo-sintomatologia no diagnóstico precoce de pacientes com HIV/AIDS

Linfometria relation, viral load and primo-symptomatology in the early diagnosis of HIV / AIDS patients

Arailton Francisco de Oliveira Neto1; Filipe Souza Fernandes1; Lucas de Castro Mendes1; Marcelo Magalhaes de Souza Filho1; Natália Lima Rodrigues1; Rodrigo Mitre Cotta1; Angelo Dias Feres2; Cristina Maria Miranda Bello3

1. Estudante em Faculdade de Medicina de Barbacena - FAME/ FUNJOB. Barbacena, MG - Brasil
2. Médico em Centro de Testagem e Aconselhamento para doenças sexualmente transmissíveis. Barbacena, MG - Brasil
3. Professora em Faculdade de Medicina de Barbacena - FAME/ FUNJOB. Barbacena, MG - Brasil

Endereço para correspondência

Cristina Maria Miranda Bello
E-mail: bello.cm@hotmail.com; arailtonfneto@gmail.com

Submitted on: 24/09/2017
Approved on: 24/11/2017

Institution: Faculdade de Medicina de Barbacena, Microbiologia Médica - Barbacena

Resumo

OBJETIVO: Com base na comparação de marcadores clínicos, sorológicos e virológicos da infecção por HIV, mostrar sua utilidade no diagnóstico precoce e sua capacidade de prever a progressão da imunodeficiência.
MÉTODOS: Estudo observacional transversal com pacientes de serviço público com referência em HIV/AIDS (n=154). O estudo envolveu a análise de dados registrados nos prontuários médicos.
RESULTADOS: O estudo identificou que a maioria dos pacientes era do sexo masculino, solteiro, heterossexual, com idade média de 38 anos e predominância da raça branca. 123 indivíduos (79,8%) apresentaram à primeira consulta no CTA com sinais clínicos, e a maioria deles apresentou evidência laboratorial de imunossupressão - 54 (35,0%) pacientes apresentaram linfometria entre 0-200 mm3 e 36 (23, 3%) tiveram uma pontuação acima de 30.000/mm3 de cópias virais.
CONCLUSÃO: O diagnóstico precoce baseado em clínica, linfometria e carga viral pode facilitar a definição de instalação de AIDS. Nas infecções instaladas, prevenindo a deterioração imune e as infecções oportunistas, melhora o prognóstico e a qualidade de vida para viver com a doença.

Palavras-chave: Síndromes de Imunodeficiência; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Diagnóstico; Prognóstico.

 

Nenhum conteúdo cadastrado para este idioma