RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 27. (Suppl.1) DOI: http://www.dx.doi.org/10.5935/2238-3182.20170001

Voltar ao Sumário

Editorial

Mensagem do Diretor da Faculdade de Medicina de Barbacena - FAME/FUNJOBE

Marco Aurélio Bernardes de Carvalho

 

A formação médica ficaria incompleta se não fosse sabiamente fundamentada na tríade ensino, pesquisa e extensão. Os passos necessários para que a pesquisa atinja sua conclusão é de extrema importância para que o profissional entenda o valor de um artigo ou publicação científica. Esses passos permeiam pela ética, diagnóstico, terapêutica, acompanhamento e resultados que acreditamos estarem sempre fundamentados em evidências.

Sabemos dos grandes desafios desta prática, especialmente quando se trata de uma instituição privada, uma vez que o acesso aos meios de financiamento e a disponibilidade de verbas apresentam alto grau de dificuldade.

A Faculdade de Medicina de Barbacena há aproximadamente 16 anos vem, de forma permanente, incentivando a iniciação científica desde o início do curso. Por intermédio do Núcleo de Pesquisa e Extensão (NUPE) estimulamos especialmente a pesquisa epidemiológica por meio do Programa de Iniciação Científica (PIC) e dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) que têm início no quarto período do curso, terminando no final do oitavo período com a apresentação de um artigo perante uma banca examinadora.

Desta forma, pretendemos, a partir da Revista Médica de Minas Gerais (RMMG), tornar cada vez mais pública a nossa produção, objetivando mais integração entre as escolas de Medicina, os profissionais de saúde e toda comunidade acadêmica. Esperamos também estar contribuindo para a divulgação de conhecimentos e o estímulo à produção científica nas diversas escolas do nosso estado.

 

Professor Marco Aurélio Bernardes de Carvalho
Diretor FAME/FUNJOBE