RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 24. 2

 

Editorial

1 - Neonatologia: do feto ao recém-nascido

Neonatology: from fetus to newborn

Elaine Alvarenga de Almeida Carvalho

Rev Med Minas Gerais; 24.2:138-139, Abr/Jun, 2014

Artigo Original

2 - Prevalência do aleitamento materno em recém-nascidos de muito baixo peso: método alternativo versus tradicional na alimentação

Prevalence of breastfeeding in infants with very low birth weight: alternative method versus traditional feeding

Márcia Bastos Rezende; Clarice Ribeiro Soares Araújo; César Coelho Xavier; Tasso Moraes Santos; Enrico Antônio Colosimo

Rev Med Minas Gerais; 24.2:143-149, Abr/Jun, 2014

INTRODUÇÃO: a sobrevivência de recém-nascidos pré-termo (RNPT) e de muito baixo peso (MBP) tem sido uma preocupação para os profissionais de saúde. As complicações frequentes aumentam o período de internação e levam ao abandono precoce do aleitamento materno.
OBJETIVO: verificar a prevalência do aleitamento materno em RNPT de MBP em duas maternidades da cidade de Belo Horizonte-MG, comparando suas diferentes formas de administrar a dieta via oral: mamadeira ou copo/colher.
MÉTODO: a população estudada constituiu-se de 84 RNPTs com peso ao nascimento inferior a 1.500 gramas, sendo 31 nascidos no Hospital A e 53 no Hospital B, no período de março de 1996 a junho de 1997. O acompanhamento iniciou-se no período hospitalar até a 40ª semana de idade corrigida (IC) e as mães foram contatadas até o 6o mês de IC para informar sobre o aleitamento materno.
RESULTADOS: os dois hospitais iniciam tardiamente a oferta da dieta via oral, no entanto, o Hospital A, cuja rotina é a prática alternativa do uso do copo/colher com a participação da mãe, parece ter permitido menor permanência hospitalar e também menos peso à alta dos RNPTs de MBP. A prevalência do aleitamento materno nas duas populações é estatisticamente diferente com 40 semanas, dois e quatro meses de IC, sendo maior no Hospital A.
CONCLUSÕES: este estudo pode contribuir para o acúmulo de dados sobre a prevalência do aleitamento materno em RNPT de MBP no Brasil, com a possibilidade de fazer parte de novas pesquisas contando com dados apenas do nosso país.

Palavras-chave Muito Baixo Peso; Prevalência; Aleitamento Materno; Métodos de Alimentação.

INTRODUCTION: the survival of preterm newborns (PTNBs) with very low birth weight (LBW) has been a concern for health care professionals. Frequent complications increase the length of hospitalization and lead to premature abandonment of breastfeeding.
OBJECTIVE: to verify the prevalence of breastfeeding in PTNBs with LBW in two maternity wards in the city of Belo Horizonte-MG comparing different ways to administer the oral diet: bottle or cup/spoon.
METHOD: the studied population consisted of 84 PTNBs with birth weight less than 1,500 grams; 31 born in Hospital A and 53 in Hospital B, between March 1996 and June 1997. The monitoring was from the hospital period to the 40th week of corrected age (CA); mothers were contacted until the 6th month of CA to inform about breastfeeding.
RESULTS: the two hospitals started offering oral diet belatedly; however, Hospital A with the routine practice of alternative use of cup/spoon with the mother's participation seems to have allowed shorter hospital stay and less weight in PTNBs with LBW at discharge. The prevalence of breastfeeding in the two populations is statistically different at 40 weeks, and two and four months of CA, being greater in Hospital A.
CONCLUSIONS: this study may contribute to the accumulation of data on prevalence of breastfeeding in PTNBs with LBW in Brazil, with the possibility to take part in new research with data only from our country.

Keywords Very Low Birth Weight, Prevalence, Breastfeeding, Feeding Methods.

3 - A história natural do autismo infantil em um hospital público pediátrico terciário: evoluções com atrasos globais do desenvolvimento, com regressão parcial e plena

The natural history of infantile autism in a tertiary pediatric public hospital: developments with global developmental delays with full and partial regression

Walter Camargos Jr; Thelma Ribeiro Noce

Rev Med Minas Gerais; 24.2:150-154, Abr/Jun, 2014

O autismo é um transtorno comportamental, grave, caracterizado pelo início até 36 meses, com sintomas nas áreas de interação interpessoal, comunicação e comportamento e apresenta três formas de evolução: sempre com atraso no desenvolvimento psíquico, perda de alguma habilidade adquirida em base de atraso no desenvolvimento (regressão parcial) e regressão plena.
OBJETIVO: pesquisar a frequência de cada forma de evolução.
MÉTODOS: estudo longitudinal em hospital público pediátrico terciário, durante 20 meses, em Ambulatório de Transtornos do Desenvolvimento, com primeira consulta até 48 meses. O DSM-IV foi utilizado como critério diagnóstico assim como as escalas do CARS e do próprio DSM-IV e foram feitas perguntas sobre regressões e atrasos no desenvolvimento, ou não, na evolução inicial do autismo.
RESULTADO: das 86 crianças com sinais clínicos e escalas positivas para autismo, 74,4% sempre tiveram atrasos no desenvolvimento, 17,4% tinham histórico de atrasos no desenvolvimento com algum grau de regressão e somente 8,1% apresentaram histórico de regressão plena.
CONCLUSÃO: todas as crianças que apresentam histórico de permanentes atrasos nos marcos do desenvolvimento psíquico devem ter o autismo como hipótese diagnóstica.

Palavras-chave Transtorno Autístico; Prevalência; Evolução Clínica.

Autism is a behavioral severe disorder characterized by a start within 36 months of age, with symptoms in the areas of interpersonal interaction, communication, and behavior. It presents three forms of evolution: always with delay in psychic development, loss of some acquired skill on the basis of a delay in development (partial regression), and full regression.
OBJECTIVE: to research the frequency of each form of evolution.
METHODS: longitudinal study in a tertiary pediatric public hospital in an outpatient Developmental Disorders Clinic, during 20 months, with the first appointment within 48 months of age. The DSM-IV and the CARS and DSM-IV scales were used as diagnostic criteria; questions were asked about regressions and delays in development or not in the initial development of autism.
RESULTS: of the 86 children with clinical signs and positive scales for autism, 74.4% always showed delays in development, 17.4% showed a history of delays in development with some degree of regression, and only 8.1% presented a history of full regression.
CONCLUSION: all children with a history of permanent delay in the milestones of psychic development should have autism as the diagnostic hypothesis.

Keywords Autistic Disorder; Prevalence; Clinical Evolution.

4 - Variação sazonal e aspectos clínico-epidemiológicos da leptospirose humana na cidade de Itaperuna - RJ

Seasonal variation and clinical and epidemiological aspects of human leptospirosis in the city of Itaperuna - RJ

Amanda Alves Tavares de Souza; Fabiana Cardoso Ferreira; Hudson Dutra Rezende; Josevânia Fulgêncio de Lima Arruda; Paula Macêdo da Silva Eça

Rev Med Minas Gerais; 24.2:155-159, Abr/Jun, 2014

A leptospirose é uma doença bacteriana de distribuição global e apresentação múltipla, variando desde um processo inaparente até formas letais. O principal reservatório dessa antropozoonose, cujo microrganismo causador é a Leptospira sp., é o roedor, associado a condições precárias de saneamento básico. As enchentes e as chuvas fortes constituem, em nosso meio, grande fonte favorecedora do contato do homem com as águas contaminadas e tem relação direta com a maior incidência sazonal da doença, bem como forte ligação com a atividade profissional. Esse estudo de caráter qualiquantitativo foi realizado com base na análise de prontuários da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Itaperuna-RJ, durante os meses de fevereiro e março de 2012, e incluiu dados dos três últimos anos. Não houve relação direta entre a incidência da doença e o período de enchentes; a taxa de letalidade encontrada mostrou-se superior aos dados literários e a profissão doméstica foi a mais acometida. Reforça-se, então, a importância de priorizar a prevenção primária no manejo da leptospirose como forma de evitar novos casos.

Palavras-chave Infecções Bacterianas; Leptospirose; Leptospirose/epidemiologia; Espiroqueta.

Leptospirosis is a bacterial disease of global distribution and multiple presentations ranging from an unapparent process to lethal forms. The main reservoir of this anthropozoonosis, whose causing microorganism is the Leptospira sp., is a rodent associated with poor sanitation conditions. Floods and heavy rainfall are great sources that favor man's contact with contaminated water and are directly related to seasonal higher incidence of this disease and its strong association with professional activities. This qualitative and quantitative study was conducted based on the analysis of medical records from the Epidemiological Surveillance from the Health Secretary of Itaperuna-RJ, during the months of February and March 2012, and included data from the last three years. There was no direct relationship between disease incidence and the period of flooding; the lethality rate found proved to be superior to that reported in the literature and the domestic profession was the most affected. The importance of prioritizing primary prevention is reinforced for the management of leptospirosis and prevention of new cases.

Keywords Bacterial Infections; Leptospirosis; Leptospirosis/epidemiology; Spirochaeta.

5 - Análise dos casos de endocardite infecciosa em um hospital terciário

Analysis of infectious endocarditis cases in a tertiary hospital

Bárbara Campos Marino; Susana Peres Reis; Fabio Barros Reis; Walter Rabelo; Roberto Luiz Marino

Rev Med Minas Gerais; 24.2:160-166, Abr/Jun, 2014

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: a endocardite infecciosa (EI) é uma doença com alta morbimortalidade, apesar do aprimoramento do diagnóstico e da terapia antimicrobiana. A identificação precoce de pacientes com alto risco de morte ou complicações pode melhorar o desfecho dessa doença. O objetivo foi analisar os casos de EI em um hospital terciário e seus desfechos intra-hospitalares.
PACIENTES E MÉTODOS: analisados retrospectivamente 93 episódios confirmados de EI, em 91 pct, no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2008. As variáveis analisadas foram: dados clínicos, infecciosos, modalidade terapêutica e desfechos na evolução hospitalar. A análise estatística utilizou teste do qui-quadrado, Odds Ratio e teste de Mann-Whitney.
RESULTADOS: a mortalidade intra-hospitalar ocorreu em 35% (IC 95%; 26-41%), as próteses valvares foram acometidas em 60,23% dos casos, as hemoculturas sem isolamento ocorreram em 36,56%. Nas hemoculturas positivas, o principal agente etiológico isolado foi o Staphylococcus aureus (31,18%), o S. aureus multissensivel em 22,8% e o S. aureus MARSA em 8,6%. A intervenção cirúrgica foi realizada em 48,39% e o principal indicador cirúrgico foi a falha ao tratamento clínico (20,43%). Pacientes que tiveram a ICC como desfecho apresentaram mortalidade de 57,14% (p= 0,004 e OR de 3,76, IC 95% ; 1,41-10,03) e aqueles com marca-passo como sítio de infecção, mortalidade de 66,67%.
CONCLUSÕES: a EI permanece com elevada morbimortalidade. A mortalidade difere em relação aos agentes etiológicos, estado cardíaco prévio, sítio de infecção e aumento da idade.

Palavras-chave Endocardite; Mortalidade Hospitalar; Fatores de Risco.

INTRODUCTION AND OBJECTIVE: infectious endocarditis (IE) is a disease with high morbidity and mortality despite improvements in diagnosis and antimicrobial therapy. The early identification of patients at high risk of death or complications can improve the outcome of this disease. The objective was to analyze IE cases in a tertiary hospital and their in-hospital outcomes.
PATIENTS AND METHODS: 93 episodes of IE were retrospectively analyzed in 91 patients, between January of 2001 and December of 2008. The analyzed variables were: clinical and infectious data, therapeutic modality, and outcomes during hospital developments. The statistical analysis employed the Chi-square, odds ratio, and Mann-Whitney tests.
RESULTS: the in-hospital mortality occurred in 35% (IC 95%; 26-41%), valve prostheses were involved in 60.23% of cases, and blood cultures without isolation occurred in 36.56%. In positive blood cultures, the main etiological agent isolated was Staphylococcus aureus in 31.18%, multi sensitive S. aureus in 22.8%, and S. aureus MARSA in 8.6%. Surgical intervention was performed in 48.39% of the patients and the main surgical indicator was failure of clinical treatment (20.43%) Patients who have had ICC as outcome presented 57.14% mortality (p = 0.004 and OR of 3.76, IC 95%; 1.41-10.03); mortality rate of 66.67% as observed in those with pacemakers as the site of infection.
CONCLUSIONS: IE remains with high morbidity and mortality. Mortality rates vary according to the etiological agent, prior cardiac state, site of infection, and increased age.

Keywords Endocarditis; Hospital Mortality; Risk Factors.

6 - Mortalidade de zero a cinco anos em Uberlândia nos anos de 2000, 2005 e 2009

Mortality rates in children between birth and five years old in Uberlandia in the years of 2000, 2005, and 2009

Melicégenes Ribeiro Ambrósio; Ana Flávia Pina Ferreira; Jessyca Sousa Rezende; Laís Domingues Costa; Laísa Pereira de Melo; Paloma Borges de Carísio; Pedro de Santana Prudente; Ricardo Lima de Paiva

Rev Med Minas Gerais; 24.2:167-172, Abr/Jun, 2014

INTRODUÇÃO: a mortalidade de crianças de zero a cinco anos é um importante indicador social e o conhecimento dessa taxa permite o desenvolvimento de diversas políticas públicas.
OBJETIVOS: conhecer e classificar as mortes de crianças de zero a cinco anos em Uberlândia, suas principais causas e a evolução das taxas de mortalidade nos anos de 2000, 2005 e 2009.
MÉTODOS: foram colhidos os dados relativos aos óbitos no Cartório de Registro Civil de Uberlândia, classificando as mortes de acordo com as seguintes variáveis: faixa etária, sexo, causa básica de morte conforme os grandes capítulos da CID-10,1 procedência e mês em que ocorreu o óbito.
RESULTADOS: foram relatados 476 óbitos nos anos citados, sendo 159 em 2000, 156 em 2005 e 161 em 2009. Houve predomínio de mortalidade da faixa etária neonatal precoce (zero a seis dias), do sexo masculino e causas de morte relacionadas a afecções do período perinatal (capítulo XVI da CID-10).1
CONCLUSÕES: a mortalidade de zero a cinco anos, assim como a infantil (zero a um ano), apresentou-se relativamente estável, com ligeira queda no ano de 2009, em Uberlândia. No entanto, os índices de mortalidade em Uberlândia ainda são mais baixos do que na maioria dos estados brasileiros e em todas as cinco regiões e muito inferior aos índices do país, de forma geral.

Palavras-chave Mortalidade Infantil; Mortalidade Perinatal.

INTRODUCTION: the mortality rate in children between birth and five years old is an important social indicator that allows the development of various public policies.
OBJECTIVES: to know and classify the deaths of children from birth to five years of age in Uberlândia, the main causes, and trends in mortality rates in the years of 2000, 2005, and 2009.
METHODS: data on deaths were collected in the Civil Registry Office of Uberlândia. The deaths were classified according to the following variables: age, gender, basic cause of death according to the CID-10 major chapters 1, origin, and month of death.
RESULTS: 476 deaths were reported in the cited years being 159 in 2000, 156 in 2005, and 161 in 2009. There was a predominance of mortality in the early neonatal age group (zero to six days), males, and causes of death related to diseases of the perinatal period (XVI chapter from the CID-10).1
CONCLUSIONS: the mortality rate between birth and five years old, as well as that in infants (zero to one year old), was relatively stable, with a slight fall in the year of 2009. These mortality rates in Uberlândia are still lower than in most of the Brazilian States and in all five regions; they are also markedly inferior to those in the country in general.

Keywords Infant Mortality; Perinatal Mortality.

7 - Problemas de saúde em população cadastrada na estratégia saúde da família: o agente comunitário de saúde como informante-chave

Health problems in a population registered at the family health strategy: the community health agent as the key informant

Daniela Pereira Barroso; Laurita Antanielle Alves da Silva; Carlos Alberto Quintão Rodrigues; Márcio Antônio Ribeiro Vieira; Maria Fernanda Veloso Silva; Camila Soares Dias Loyola; Simone de Melo Costa

Rev Med Minas Gerais; 24.2:173-179, Abr/Jun, 2014

OBJETIVO: identificar os principais problemas de saúde nos territórios da Estratégia Saúde da Família na visão dos agentes comunitários de saúde de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.
MÉTODOS: o desenho do estudo é transversal, quantitativo e censitário. A coleta de dados deu-se por meio de questionário semiestruturado aplicado aos agentes comunitários de saúde (ACS) vinculados à Estratégia Saúde da Família. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), sob o parecer número 1.966-10.
RESULTADOS: participaram do estudo 241 agentes comunitários de saúde. A maioria (97,5%) declarou conhecer a situação de saúde do território. Em relação aos problemas de saúde mais comuns na comunidade adscrita, os agentes destacaram, nas crianças, as doenças do sistema respiratório (82,40%); nos adolescentes, a dependência química (23,56%); e nos adultos e idosos, a hipertensão arterial foi a mais destacada, 77,25% e 79,16%, respectivamente.
CONCLUSÃO: a maioria dos agentes comunitários de saúde conhece a situação de saúde dos territórios onde atua. A identificação dos principais problemas de saúde foi destacada conforme o ciclo de vida da população. O diagnóstico local a partir do ACS, como informante-chave, contribui para definir as prioridades e estabelecer objetivos e metas para o enfrentamento dos problemas nos territórios de Saúde da Família.

Palavras-chave Saúde da Família; Atenção Primária à Saúde; Saúde Pública.

OBJECTIVE: to identify the main health problems in the territories of the Family Health Strategy in the view of communitarian agents of health from Montes Claros, Minas Gerais, Brazil.
METHODS: this was a quantitative, transversal, and census based study. The data collection took place through a semi-structured questionnaire applied to community health agents (CHA) linked to the Family Health Strategy. The research was approved by the Research Ethics Committee from the Montes Claros State University (Unimontes) under the protocol number 1966-10.
RESULTS: 241 agents participated in the study. The majority (97.5%) declared knowing the health situation in the territory. Regarding the most common health problems in the community, agents pointed out diseases of the respiratory system (82.40%) in children, chemical dependency (23.56%) in adolescents; and hypertension in adults and elders, in 77.25% and 79.16%, respectively.
CONCLUSION: most community health agents know the health situation of the territories in which they operate. The identification of the main health problems was highlighted according to the cycle of life of the population. The local diagnosis from the CHA, as key informants, contributes to set priorities and establish goals and objectives for tackling problems in the territories of Family Health.

Keywords Family Health; Primary Health Care; Public Health.

8 - Como os pais lidam com a febre infantil: influência das crenças, conhecimento e fontes informação no cuidado e manejo da febre na criança - revisão sistemática da literatura

How parents deal with the child's fever: influence of beliefs, knowledge, and information sources in the care and management of fever in children - systematic review of the literature

Ana Carolina Micheletti Gomide; Ronaldo Machado Silva; Flávio Diniz Capanema; Luiz Alberto Oliveira Gonçalves; Regina Lunardi Rocha

Rev Med Minas Gerais; 24.2:180-185, Abr/Jun, 2014

INTRODUÇÃO: a "febre fobia" dos pais, preocupações e tratamento inapropriado da febre na infância têm sido documentados há aproximadamente duas décadas. A compreensão dos pais em relação à febre determina as suas preocupações, medos, reações e condutas frente ao cuidado da criança febril.
OBJETIVO: verificar, com base na busca na literatura, o conhecimento, crenças, fontes de informação, práticas e atitudes dos pais e cuidadores no manejo da febre na criança.
METODOLOGIA: trata-se de revisão sistemática de literatura.
RESULTADOS/DISCUSSÃO: a "febre fobia" apresenta causas multifatoriais, entre elas, a experiência passada com uma criança febril, histórias trágicas resultantes da febre na criança, influências culturais e fontes de informação como família, profissionais de saúde, amigos, entre outras, também influenciam nas condutas frente à febre. Os pais ficam extremamente preocupados quando se deparam com a criança doente e a febre pode ser considerada indicador de enfermidade e prejudicial. Consideram que a febre pode acarretar danos na criança, apesar de numerosos relatos dos efeitos benéficos da baixa para moderada febre na literatura médica e científica. O manejo da febre infantil pelos pais será direcionado por suas crenças, fontes de informação e conhecimentos acerca do assunto.
CONCLUSÕES: o medo exacerbado gera ansiedade e preocupações nos pais e/ou cuidadores que, associadas às suas concepções, direcionam as suas condutas e práticas de manejo da febre. A febre fobia persiste e os pais/cuidadores demonstram sentimentos de insegurança para cuidar de uma criança febril.

Palavras-chave Febre; Criança; Pais; Comportamento Paterno; Conhecimento.

INTRODUCTION: the "fever phobia" of parents, concerns, and inappropriate treatment of fever in childhood has been documented for nearly two decades. The parents' understanding of fever determines their concerns, fears, reactions, and conducts in the care of the febrile child.
OBJECTIVE: to verify, on the basis of a literature search, the knowledge, beliefs, information sources, practices, and attitudes of parents and caregivers in the management of fever in children.
METHODOLOGY: this was a systematic review of the literature.
RESULTS/DISCUSSION: the "fever phobia" presents multifactorial causes, among them, the past experience with a febrile child, tragic stories resulting from the febrile child, cultural influences, and sources of information such as family, health professionals, and friends among others, also influence conducts towards fever. Parents become extremely worried when they have a sick child and fever can be considered an indicator of disease and harm. They consider that the fever may cause damage to the child, despite the numerous reports of the beneficial effects of low to moderate fever in the medical and scientific literature. The management of infant fever by parents will be directed by their beliefs, sources of information, and knowledge about the subject.
CONCLUSIONS: exacerbated fear generates anxiety and concerns in parents and/or caregivers, is associated with their conceptions, and directs their conducts and fever management practices. The fever phobia persists and parents/caregivers demonstrate feelings of insecurity to take care of a febrile child.

Keywords Fever; Child; Parents; Paternal Behavior; Knowledge.

9 - Dimensões Contextuais do Trabalho: a Visão de Diretores Executivos de uma Unimed de Minas Gerais

Contextual dimensions of work: the vision of executive directors from the unimed in Minas Gerais

Fátima Ferreira Roquete; Maria José Menezes Brito

Rev Med Minas Gerais; 24.2:186-193, Abr/Jun, 2014

O presente artigo teve como objetivo analisar o macroambiente (saúde suplementar), o ambiente de trabalho (UNIMED-Beta) e contexto do trabalho (cooperado gestor) na perspectiva de diretores executivos de uma Unimed de Minas Gerais. Trata-se de pesquisa com abordagem qualitativa, de caráter descritivo, tendo sido realizado estudo de caso. Os sujeitos foram quatro médicos diretores executivos da organização. Os dados foram coletados por meio de entrevista com roteiro semiestruturado, em 2011, e analisados pela técnica de análise de conteúdo. Na visão dos entrevistados, o macroambiente, o ambiente e o contexto do trabalho são dimensões do espaço de atuação do diretor executivo que apresentam significativos desafios, entre eles destaca-se a dupla função ocupada na cooperativa de trabalho médico, isto é, como diretor executivo (dono) e como médico (prestador de serviços na assistência).

Palavras-chave Gestão em Saúde; Recursos Humanos em Saúde; Saúde Suplementar; Planos de Pré-Pagamento em Saúde; Setor Privado.

This article aimed to analyze the macro-environment (supplemental health), the work environment (UNIMED-Beta), and the context of work (cooperated manager) under the point of view of Executive Directors from Unimed in Minas Gerais. This was a research with a qualitative approach and descriptive character, conducted as a case study. The subjects were four executive medical directors in the organization. The data were collected in 2011, through interviews using a semi-structured script, and analyzed by the technique of content analysis. In the view of the respondents, the macro-environment and the environment and work context are dimensions of performance space for the Executive Director that present significant challenges, among them, the dual function performed in the medical work cooperative stands out, i.e., as Executive Director (owner) and as a doctor (assistance service provider).

Keywords Health Management; Health Manpower; Supplemental Health; Prepaid Health Plans; Private Sector.

10 - A faculdade de medicina: oportunidades oferecidas e as ações afirmativas

The medical school: opportunities offered and the affirmative action

José Antonio Chehuen Neto; Ícaro Augusto Godinho; Raquelli Marçal Barbosa; Gustavo Carraro Barbosa; Renato Erothildes Ferreira

Rev Med Minas Gerais; 24.2:194-201, Abr/Jun, 2014

INTRODUÇÃO: a educação produz efeitos positivos para todos, embora possa elevar ou suavizar as estruturas de desigualdades existentes, pela força das habilidades individuais que origina.
OBJETIVOS: avaliar se o ingresso na Faculdade traz melhoras nas condições socioeconômicas, evidenciar quais oportunidades criadas pela Universidade, traçar o perfil socioeconômico dos ingressos em Medicina após a introdução das cotas e elucidar se os objetivos desse programa são alcançados.
MÉTODOS: coorte retrospectiva original. Amostra composta de acadêmicos da Medicina da UFJF abordados durante as realizações dos vestibulares dos anos 2006 a 2010 e na graduação, contemplando alunos do 1º ao 9º períodos. EPI INFO 3.5.1 nas estatísticas dos dados.
RESULTADOS: o fato de o vestibulando ter se tornado acadêmico associou-se a significativo aumento no conhecimento de línguas estrangeiras, na realização de intercâmbios, no uso de PC para trabalhos e no acesso à internet, além de ascensão da renda familiar, aquisição da casa própria e educação materna. Partes desses avanços se devem diretamente à Universidade. Proporcionalmente ao aumento das vagas destinadas às cotas, evidenciou-se elevação dos ingressos da rede pública, que não utilizavam computador/internet, que possuíam baixas renda e escolaridade paternas.
CONCLUSÃO: o ingresso no curso de Medicina desencadeia melhorias reais na condição de vida e os altos índices de utilização das oportunidades originam progressos, não somente nas competências individuais dos alunos, como também de suas famílias. O sistema de cotas, por sua vez, atende à sua função precípua de inclusão dos alunos hipossuficientes, egressos de escolas públicas, com menos acessibilidade, renda familiar e escolaridade dos pais.

Palavras-chave Análise Socioeconômica; Educação; Iniquidade Social; Educação Superior; Política de Educação Superior.

INTRODUCTION: education produces positive effects for everyone, although it may raise or soften the structures of existing inequalities through the power of individual skills that it originates.
OBJECTIVES: to assess whether college attendance brings improvements in socioeconomic conditions, highlights which opportunities are created by the University, traces the socioeconomic profile of Medical school students after the introduction of quotas, and elucidates if the program's objectives are achieved.
METHODS: original retrospective cohort. The sample was composed of UFJF medical school students approached during the entrance board exams between 2006 and 2010 and during graduation, contemplating students from the 1st to 9th semesters. EPI INFO 3.5.1 was used in the statistical analyses.
RESULTS: entrance into the academic life was associated with significant increase in the knowledge of foreign languages, participation in student exchange programs, use of PCs for homework and internet access, high family incomes, homeownership, and maternal education. Parts of these advances are directly due to the University. The increase in available slots for minorities (affirmative action) was proportionally related to increased entrance of public schools students, who did not use computer/internet, and came from low income families and low parental education.
CONCLUSION: the entrance into Medical school triggers real improvements in living conditions and the high rates of opportunities usage originates progress not only in the student's individual skills but also for their families. The quota system, in turn, caters to its primary function of inclusion of under-prepared students, graduates of public schools, with less accessibility, family income, and parents' education.

Keywords Socioeconomic Analysis; Education; Social Inequity; Education, Higher; Higher Education Policy.

Artigo de Revisão

11 - Abordagem neonatal nas infecções congênitas - toxoplasmose e sífilis

The approach to neonatal congenital infections - toxoplasmosis and syphilis

Roberta Maia de Castro Romanelli; Ericka Viana Machado Carellos; Flávia Alves Campos; Aline Silva de Paula Pinto; Bárbara Araújo Marques; Lêni Márcia Anchieta; Gláucia Manzan Queiroz de Andrade

Rev Med Minas Gerais; 24.2:202-215, Abr/Jun, 2014

As infecções que acometem o binômio mãe-filho durante a gestação constituem grande preocupação para obstetras e pediatras, por sua frequência e dificuldade no diagnóstico etiológico, importante para o tratamento precoce. A maioria dos recém-nascidos com infecções congênitas é assintomática, assinalando a importância da triagem laboratorial para doenças transmissíveis durante o ciclo gravídico-puerperal da mulher. Este artigo de revisão visa a apresentar recomendações em relação às infecções congênitas por Treponema pallidume Toxoplasma gondii. A sífilis é uma das doenças com maiores taxas de transmissão vertical e é um problema de saúde pública ainda com controle insuficiente no país. O diagnóstico da infecção materna, realizado com VDRL e confirmado com um teste treponêmico, indica tratamento imediato na gestante e em seu parceiro. A infecção congênita é prevenível por meio do tratamento materno adequado com penicilina benzatina, o que representa ótimo custo-benefício. A toxoplasmose é parasitose de distribuição mundial, com alta prevalência em nosso meio. O rastreamento sorológico durante o pré-natal permite a detecção das gestantes suscetíveis que devem ser priorizadas nas ações educativas e monitoradas para identificar-se possível soroconversão. O tratamento precoce da gestante com infecção aguda pode reduzir a transmissão materno-fetal ou o comprometimento do feto, melhorando o prognóstico do recém-nascido infectado. É possível evitar a sífilis e a toxoplasmose congênita por meio do pré-natal de qualidade, que deve ser disponível e acessível. Ações preventivas e diagnósticas devem ser intensificadas no acompanhamento da gestante, principalmente nas unidades básicas de saúde (UBS), de forma a gerar resultados com impacto populacional.

Palavras-chave Transmissão Vertical de Doença Infecciosa; Recém-nascido; Toxoplasmose Congênita; Sífilis Congênita.

The infections that affect the binomial mother-son during pregnancy are of great concern to obstetricians and pediatricians because of its frequency and difficulty in reaching an etiological diagnosis that is important for early treatment. Most newborns with congenital infection are asymptomatic; this shows the importance of laboratory screening for diseases that are transmitted during the pregnancy-puerperal cycle of women. This review aims to provide recommendations with regard to congenital infection by Treponema pallidum and Toxoplasma gondii. Syphilis is one of the diseases with the highest rates of mother-to-child transmission and is a public health problem still with insufficient control in the country. The diagnosis of maternal infection, performed with VDRL and confirmed with a treponemic test, indicates immediate treatment in pregnant women and their partners. The congenital infection is preventable through adequate maternal treatment with benzathine penicillin, which presents great cost-benefit value. Toxoplasmosis is a parasitosis of worldwide distribution, with high prevalence in our environment. The serological screening during the prenatal period allows the detection of susceptible pregnant women who should be prioritized in educational activities and monitored for possible seroconversion. The early treatment of pregnant women with acute infection can reduce the maternal-fetal transmission or fetal impairment improving the prognosis of infected newborns. Syphilis and congenital toxoplasmosis can be avoided with a high quality prenatal, which should be available and accessible. Preventive and diagnostic actions should be intensified in the monitoring of pregnant women, especially in the basic health units (UBS), to generate population impacting results.

Keywords Infectious Disease Transmission, Vertical; Congenital; Infant, Newborn; Toxoplasmosis, Congenital; Syphilis, Congenital.

12 - Erros e eventos adversos na assistência médico-hospitalar

Errors and adverse events in medical and hospital assistance

Tania Moreira Grillo Pedrosa; Renato Camargos Couto

Rev Med Minas Gerais; 24.2:216-222, Abr/Jun, 2014

Atualmente, um dos maiores desafios das organizações de assistência médico-hospitalar é implementar ações para reduzir a frequência de erros humanos e de falhas nos processos, e estabelecer formas de garantir a segurança assistencial. Para isso, é necessário reconhecer, dimensionar e avaliar os erros/eventos adversos e seus determinantes e propor ações de melhores práticas. Especialmente em relação aos pacientes criticamente enfermos, este tema se faz de grande relevância diante da expressiva suscetibilidade de complicações dessa faixa da população. Erros nos processos da assistência potencializam os riscos de complicações, com consequentes aumentos da morbimortalidade e dos custos assistenciais. A revisão da literatura mostra como os pacientes estão expostos a uma variedade de erros/eventos adversos relacionados à assistência médico-hospitalar, situação que deveria ser enfrentada como um verdadeiro problema de saúde pública diante dos profundos impactos (muitas vezes irreversíveis) nos indivíduos e na coletividade, esta última também uma vítima desses erros, devido aos altíssimos custos relacionados às complicações, custos estes compartilhados por toda a sociedade.

Palavras-chave Terapia Intensiva; Erros Médicos; Erros de Medicação; Infecção Hospitalar; Assistência; Assistência Hospitalar; Assistência Médica.

Currently, one of the biggest challenges in medical and hospital assistance organizations is the implementation of actions to reduce the frequency of human errors and faults in processes and establishment of ways to ensure healthcare security. Therefore, it is necessary to recognize, measure, and evaluate the adverse errors/events and their determinants, and propose actions for better practices. This theme is of great relevance, particularly to critically ill patients, in the face of their significant susceptibility to complications. Errors in assistance processes potentiate risks of complications with consequent increases in morbidity, mortality, and welfare costs. The literature review shows how patients are exposed to a variety of adverse errors/events related to the medical and hospital assistance, which should be tackled as a real public health problem because of its deep impact (often irreversible) on individuals and the collective community, which also becomes a victim of these errors, resulting in sky-high costs related to complications that are shared by the entire society.

Keywords Intensive Care Unit; Medical Errors; Medication Errors; Cross Infection; Hospital Care; Delivery of Health Care; Medical Assistance.

13 - Infecções congênitas por herpes-vírus

Congenital herpes virus infections

Andrea Lucchesi de Carvalho; Lêni Márcia Anchieta; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais; 24.2:223-232, Abr/Jun, 2014

As infecções congênitas por herpes-vírus apresentam alta prevalência ou são responsáveis por alta morbimortalidade de recém-nascidos. Nesta revisão estão abordados o herpes-vírus simplex, o vírus Varicela zoster e o citomegalovírus como agentes de infecções em gestantes, feto e recém-nascidos, incluindo medidas para profilaxia da transmissão vertical e recomendações para propedêutica e terapêutica do binômio mãe e filho.

Palavras-chave Herpes Simples; Herpes Zoster; Citomegalovírus; Transmissão Vertical de Doença Infecciosa.

Congenital infections by the herpes virus show high prevalence or are responsible for high morbidity and mortality in newborns. In this review, the herpes virus simplex, Varicella zoster virus, and Cytomegalovirus are addressed as infectious agents in pregnant women, fetus, and newborns, and include measures for the prevention of mother-to-child transmission and recommendations for the propaedeutics and therapy of both mother and child.

Keywords Herpes Simplex; Herpes Zoster; Cytomegalovirus; Infectious Disease Transmission, Vertical.

14 - O sistema imunológico do recém-nascido

The newborn's immune system

Lílian Martins Oliveira Diniz; Bruna de Campos Guimarães e Figueiredo

Rev Med Minas Gerais; 24.2:233-240, Abr/Jun, 2014

Os recém-nascidos e lactentes jovens apresentam seu sistema imunológico imaturo, o que os torna mais suscetíveis aos agentes infecciosos presentes nesse período. Sabe-se que os neonatos são mais vulneráveis às infecções que as crianças e os adultos. Diferenças observadas na imunidade inata e adaptativa são responsáveis pelo prejuízo das defesas do neonato. Os defeitos da imunidade adaptativa requerem o contato prévio com antígenos, enquanto o sistema inato não necessita de experiência imunológica prévia. A imunidade inata é a primeira linha de defesa contra os patógenos e é composta pela resposta de granulócitos, monócitos, macrófagos, células dendríticas e natural killer. Alguns patógenos responsáveis pelas infecções intraútero, intraparto e pós-parto estimulam a resposta imune fetal e neonatal. Esse agentes incluem o estreptococo do grupo B, a Escherichia coli, a Listeria monocytogenes, o herpes simples, o citomegalovírus, o vírus Epstein-Barr, o vírus varicella-zoster, o vírus respiratório sincicial, o Toxoplasma gondii e a Candida albicans. O melhor entendimento do funcionamento do sistema imunológico no período neonatal é capaz de tornar o médico apto a desempenhar medidas preventivas e terapêuticas que melhorem os cuidados das infecções durante esse período. Essa revisão tem como objetivo discutir avanços recentes e o entendimento atual da imunidade do recém-nascido, dando ênfase aos aspectos imunológicos relacionados à acentuada susceptibilidade às infecções, as quais são responsáveis por significante morbimortalidade no período neonatal.

Palavras-chave Sistema Imunológico; Recém-Nascido; Lactente; Infecção; Imunidade Inata; Substâncias Nocivas.

Newborns and young infants present an immature immune system, which makes them more susceptible to infectious agents present during this period. It is known that newborns are more vulnerable to infections than children and adults. Observed differences in the innate and adaptive immunity are responsible for decreased neonate's defenses. The defects in the adaptive immunity require previous contact with antigens, while the innate system requires no prior immune experience. The innate immunity is the first line of defense against pathogens and is composed by the responses from granulocytes, monocytes, macrophages, and dendritic and natural killer cells. Some pathogens, responsible for intra-uterus, intra-partum, and postpartum infections stimulate fetal and neonatal immune responses. These agents include the group B streptococcus, Escherichia coli, Listeria monocytogenes, herpes simplex virus, Cytomegalovirus, Epstein-Barr virus, varicella-zoster virus, respiratory syncytial virus, Toxoplasma gondii, and Candida albicans. A better understanding of the functioning of the immune system in the neonatal period allows the doctor to perform preventive and therapeutic measures that improve the care of infections during this period. This review aims to discuss recent advances and current understanding on the newborn's immunity focusing on immunological aspects related to their enhanced susceptibility to infections, which are responsible for significant morbidity and mortality in the neonatal period.

Keywords Immune System; Infant, Newborn; Infant; Infection; Immunity, Innate; Noxae.

15 - Vírus da imunodeficiência humana adquirida/HIV no período neonatal

Acquired human immunodeficiency virus/ HIV in the neonatal period

Fabiana Maria Kakehasi; Flávia Gomes Faleiro Ferreira; Jorge Andrade Pinto; Silvia de Andrade Carneiro

Rev Med Minas Gerais; 24.2:241-247, Abr/Jun, 2014

O bloqueio da transmissão vertical foi uma das maiores vitórias contra a infecção pelo HIV. Houve redução das taxas de infecção a níveis inferiores a 2% com a aplicação de estratégias como reconhecimento da infecção materna (testagem sorológica anti-HIV ou teste rápido) durante o pré-natal ou no momento do parto, uso de antirretrovirais, via de parto eletiva de acordo com a carga viral e substituição do aleitamento materno pelo uso de fórmula láctea infantil. No Brasil, recomenda-se a utilização de esquema antirretroviral composto de três drogas antirretrovirais de duas classes diferentes a partir da 14ª semana de gestação (após o primeiro trimestre) para todas as gestantes infectadas pelo HIV, independentemente dos parâmetros imunológicos ou virológicos, uso de zidovudina por via venosa no momento do parto e de zidovudina para todas as crianças nascidas de mães infectadas pelo HIV, durante as primeiras quatro semanas de vida. Em situações especiais tem-se sugerido a adição de outros antirretrovirais, como a lamivudina e a nevirapina. Os benefícios do uso materno de drogas antirretrovirais para a prevenção da trasnmissão do HIV para seus filhos são unânimes. A segurança desses regimes em curto prazo já foi demonstrada, mas tem sido descrita associação do uso materno de drogas antirretrovirais e anomalias congênitas, prematuridade, toxicidade mitocondrial, anemia, neutropenia e aumento de enzimas hepáticas. Efeitos graves raramente ocorrem. Ainda é necessário acompanhamento em longo prazo de todas as crianças expostas aos antirretrovirais para responder muitas dúvidas existentes.

Palavras-chave Infecções por HIV; HIV-1; Antirretrovirais.

Blocking mother-to-child transmission was one of the greatest victories against HIV infection. A reduction in infection rates down to below 2% was achieved by applying strategies such as the recognition of maternal infection (HIV serological testing or rapid test) during the prenatal period or at delivery, use of antiretrovirals, elective route of delivery according to the patient's viral load, and replacement of breastfeeding by formula. In Brazil, the recommended regimen includes the use of an anti-retroviral scheme composed of three anti-retroviral drugs from two different classes, from the 14th week of pregnancy (after the first trimester), in all pregnant women infected with HIV regardless of their virological or immunological parameters, use of intravenous zidovudine at the time of delivery, and of zidovudine in all children born to HIV infected mothers during the first four weeks of life. In special situations, adding other antiretrovirals, such as lamivudine and nevirapine, has been suggested. The benefits of maternal use of anti-retroviral drugs to prevent HIV transmission to children are unanimous. The safety of these short-term schemes has already been demonstrated, however, the association between maternal use of antiretrovirals drugs and congenital anomalies, prematurity, mitochondrial toxicity, anemia, neutropenia, and increased liver enzymes have been described. Serious effects rarely occur. Long-term follow-up of all children exposed to antiretroviral drugs is still necessary to answer many existing questions.

Keywords HIV Infections; HIV-1; Anti-Retroviral Agents.

Atualização Terapêutica

16 - Dieta enteral em recém-nascidos criticamente enfermos: um protocolo prático

Enteral diet in critically ill newborns: a practical protocol

Elaine Alvarenga de Almeida Carvalho; Marlice Hallak Martins da Costa

Rev Med Minas Gerais; 24.2:248-253, Abr/Jun, 2014

Nos últimos anos, avanços no cuidado obstétrico e neonatal têm elevado significativamente a sobrevida dos prematuros, principalmente aqueles de muito baixo peso. Vários estudos destacam a importância da dieta adequada e do momento oportuno de seu início para esses lactentes de alto risco. Este artigo teve por objetivos revisar a literatura em relação à nutrição enteral em recém-nascidos, principalmente prematuros, admitidos em unidade de terapia intensiva (UTI), a partir das bases de dados científicas PubMed, Scientific Eletronic Library Online (SciELO), National Library Of Medicine (MedLine) e LILACS, e propor um protocolo prático de indicações e administração de dieta enteral. A metodologia de iniciar, avançar e manter dieta enteral em recém-nascidos que necessitam de cuidados intensivos é muito diversificada. A padronização de um protocolo de nutrição enteral em unidade de terapia intensiva resulta em melhoria da nutrição, crescimento e desenvolvimento e redução das complicações em recém-nascidos prematuros.

Palavras-chave Prematuro; Recém-Nascido; Nutrição Enteral; Alimentação; Protocolo.

In recent years, advances in obstetric and neonatal care have significantly increased the survival of premature infants, especially those with very low weight. Several studies highlight the importance of a proper diet and its appropriate starting time for these high-risk infants. This article aimed to review the literature regarding enteral nutrition in newborns, especially premature neonates, admitted in the intensive care unit (ICU), and was based on the PubMed, Scientific Electronic Library Online (SciELO), National Library of Medicine (MedLine), and LILACS data bases; the study proposes a practical protocol of indications and administration of the enteral diet. The methodology for starting, advancing, and maintaining the enteral diet in newborns requiring intensive care is very diverse. The standardization of a protocol of enteral nutrition in intensive care unit results in improved nutrition, growth, and development, and reduced complications in premature neonates.

Keywords Premature; Newborn; Enteral Nutrition; Feeding; Protocols.

17 - Consulta pediátrica pré-natal

Pediatric prenatal consultation

Raphael Rabelo de Mello Penholati; Júnia Dueli Boroni; Elaine Alvarenga de Almeida Carvalho

Rev Med Minas Gerais; 24.2:254-261, Abr/Jun, 2014

Os serviços preventivos prestados pelo pediatra incluem as consultas pediátricas pré-natais e as consultas de puericultura até a adolescência. Os objetivos principais da consulta pré-natal são estabelecer a relação médico-família; coletar informações básicas; fornecer aconselhamento e informação; construir habilidades parentais; e identificar e abordar assuntos de alto risco. Este artigo de atualização terapêutica tem por objetivo apresentar uma síntese das informações disponíveis sobre a consulta pediátrica pré-natal, a fim de esclarecer, organizar e simplificar as principais orientações que devem ser realizadas nesse momento. Alguns tópicos a serem sistematicamente abordados na consulta pediátrica pré-natal são: amamentação; higiene do recém-nascido; medidas de segurança em casa; medidas de segurança no transporte; consultas com o pediatra; vacinação; testes neonatais; uso de chupeta; declaração de nascido vivo e certidão de nascimento. Conclui-se com o presente trabalho que a consulta pré-natal é fundamental na atividade do pediatra, possuindo função central na implantação de medidas preventivas em relação à saúde da criança.

Palavras-chave Cuidado Pré-Natal; Pediatria; Medicina Preventiva.

The preventive services provided by the pediatrician include the consultations in pediatric prenatal and childcare until adolescence. The main objectives of prenatal consultations are to establish the doctor-family relationship; collect basic information; provide advice and information; build parenting skills; and identify and address high risk issues. This therapeutic update article aims to present a synthesis of available information about the pediatric prenatal consultation to clarify, organize, and simplify the main guidelines that should be performed during this time. Some of the topics to be systematically addressed in the pediatric prenatal consultation are: breastfeeding; newborn hygiene; safety measures at home; safety transportation measures; consultation with the pediatrician; vaccination; neonatal testing; use of pacifier; and declaration of born alive and birth certificate. The study concludes that the prenatal consultation is fundamental in the pediatrician's activity, which plays a central role in the implementation of preventive measures for the child's health.

Keywords Prenatal Care; Pediatrics; Preventive Medicine.

História da Medicina

18 - Bioética - uma breve história: de Nuremberg (1947) a Belmont (1979)

Bioethics - a brief history: from the Nuremberg code (1947) to the Belmont report (1979)

José Agostinho Lopes

Rev Med Minas Gerais; 24.2:262-273, Abr/Jun, 2014

Este estudo conta a história da Bioética no período compreendido entre o Código de Nuremberg (1947) e o Relatório Belmont (1979). Bioética é uma palavra etimologicamente formada por dois étimos gregos: bio(s) e ethike. A esse neologismo foi imputada uma tríplice paternidade e um triplo local de nascimento: Van Rensselaer Potter em Wisconsin; Shriver e Hellegers, em Washington; e Fritz Jahr, em Halle an der Saale (Alemanha). Potter se preocupava, em princípio, com o meio ambiente e a sustentabilidade da vida humana no planeta; o grupo de Washington, principalmente com os problemas e desafios éticos impostos à Medicina pelas novas tecnologias; e Fritz Jahr, com as relações éticas dos humanos com animais e plantas. A Bioética nasce trazendo na memória os experimentos desumanos realizados em pessoas vulneráveis durante a Segunda Guerra Mundial e cresce lado a lado com um grande desenvolvimento científico e tecnológico. Essa mesma tecnologia que aumenta as potencialidades da Medicina traz consigo sérios desafios de ordem moral que a ética hipocrática tradicional tem dificuldades de responder. Tudo isso acontecendo ao mesmo tempo em que pessoas lutam também por mais autonomia e direitos. Refletir sobre esse contexto e identificar as melhores alternativas de conduta é um dos papeis da Bioética.

Palavras-chave História da Medicina; Bioética; Etica.

This study tells the story of Bioethics in the period between the Nuremberg Code (1947) and Belmont Report (1979). Bioethics is a word etymologically formed by two Greek etyma: bio (s) and ethike. A triple paternity and triple birth place was allocated to this neologism: Van Rensselaer Potter in Wisconsin; Shriver and Hellegers in Washington; and Fritz Jahr in Halle an der Saale (Germany). Potter was concerned, in principle, with the environment and sustainability of human life on the planet; the Washington group was mainly concerned with problems and ethical challenges imposed on Medicine by new technologies; and Fritz Jahr was concerned with ethical relations between human beings and animals and plants. Bioethics is born bringing into memory the inhuman experiments performed on vulnerable people during the World War II, and grows side by side with great scientific and technological development. That same technology that increases the potential of medicines brings serious moral challenges that the traditional Hippocratic ethics has difficulties to respond. All this is happening at the same time when people are fighting for more autonomy and rights. To reflect on this context and identify the best alternatives of conduct is one of the roles of Bioethics.

Keywords History of Medicine; Bioethics; Ethics.

Relato de Caso

19 - Tumor desmoplásico de pequenas células redondas: relato de caso

Desmoplastic small round cell tumor: a case report

Domingos André Fernandes Drumond; Juliano Félix Castro

Rev Med Minas Gerais; 24.2:274-277, Abr/Jun, 2014

O tumor desmoplásico de pequenas células redondas (TDCPR) é uma neoplasia de ocorrência rara, descrita em 1987 por Sesterhenn et al. Atualmente existem cerca de 101 casos na literatura consultada. Os autores relatam um caso de TDCPR intra-abdominal em paciente de 53 anos de idade, portador de massa palpável em epigástrio, assintomático. A propedêutica evidenciou múltiplas lesões expansivas de dimensões variadas comprometendo a cavidade peritoneal. Foi submetido à laparotomia exploradora, sendo possível apenas a cirurgia citorredutora. São descritos os achados intraoperatórios, tomográficos, bem como os aspectos macroscópicos e imuno-histoquímicos. O paciente manteve acompanhamento no Serviço de Oncologia. Faleceu meses após a cirurgia.

Palavras-chave Tumor Desmoplásico de Pequenas Células Redondas; Neoplasias Abdominais; Imuno-Histoquímica.

The desmoplastic small round cell tumor (DSRCT) is a neoplasm of rare occurrence, described in 1987 by Sesterhenn et al. Currently, there are about 101 cases described in the consulted literature. The authors report a case of intra-abdominal DSRCT in a 53-year-old patient, carrier of a palpable mass in epigastrium, asymptomatic. The propaedeutics showed multiple expansive lesions of varying dimensions compromising the peritoneal cavity. The patient was referred to exploratory laparotomy; only cytoreductive surgery was possible. The intraoperative findings are described, tomographic, and macroscopic and immunohistochemical aspects. The patient was followed up at the Oncology Service. He died months after surgery.

Keywords Desmoplastic Small Round Cell Tumor; Abdominal Neoplasms; Immunohistochemical.

20 - Miocardite fulminante

Fulminant myocarditis

Carolina Rohlfs Pereira; Isabela Nascimento Borges; Francisco Rezende Silveira; Mariana Oliveira Rezende; Thaisa Belligoli Senra; Thiago Franco Albino; Tarciane Aline Prata

Rev Med Minas Gerais; 24.2:278-282, Abr/Jun, 2014

A miocardite constitui-se em um dos diagnósticos mais desafiadores em Cardiologia, pois raramente é reconhecida clinicamente. Além disso, não existe um exame que seja padrão-ouro para o diagnóstico e o tratamento atual permanece controverso. O objetivo deste relato de caso é descrever a importância do diagnóstico precoce de miocardite aguda fulminante, na avaliação de paciente com dor torácica e história clínica sugestiva que, após tratamento adequado, apresentou evolução favorável.

Palavras-chave Miocardite; Imagem por Ressonância Magnética; Insuficiência Cardíaca.

The myocarditis constitutes one of the most challenging diagnoses in cardiology because it is rarely recognized clinically. In addition, there is no gold standard exam for the diagnosis and current treatment remains controversial. The objective of this case report is to describe the importance of early diagnosis of acute fulminant myocarditis in the evaluation of patients with chest pain and clinical history that is suggestive that after appropriate treatment, presented favorable evolution.

Keywords Myocarditis; Magnetic Resonance Imaging; Heart Failure.

21 - Doença de Grover associada a Sarcoptes Scabiei: relato de caso

Grover's disease associated with Sarcoptes scabiei: case report

José Henrique Pereira Pinto; Chan I Lym; Clarissa Maria Serpa Vieira; Chan Kun Wa; Chan I Thien

Rev Med Minas Gerais; 24.2:283-286, Abr/Jun, 2014

A doença de Grover, ou dermatose acantolítica transitória, consiste em uma dermatose papulovesiculosa pruriginosa, caracterizada histologicamente por acantólise. A maior parte dos casos está representada por homens brancos acima de 40 anos de idade. Não existe etiologia conhecida, mas o calor e o suor excessivos são descritos com frequência como fatores desencadeantes ou agravantes. O diagnóstico é feito por suspeição clínica e confirmado pela biópsia das lesões cutâneas. Neste estudo é relatado o caso de um paciente de 53 anos de idade, com doença de Grover associada à infestação por Sarcoptes scabiei.

Palavras-chave Sarcoptes scabiei; Escabiose; Acantólise.

Grover's disease, or transient acantholytic dermatosis, consists of a papulovesicular pruritic dermatosis histologically characterized by acantholysis. Most cases are represented by white men above 40 years of age. There is no known etiology; however, heat and excessive sweating are frequently described as triggering or aggravating factors. The diagnosis is made by clinical suspicion and confirmed by biopsy of cutaneous lesions. In this study the case of a 53-year-old patient is reported with Grover's disease associated with infestation by Sarcoptes scabiei.

Keywords <i>Sarcoptes scabiei;</i> Scabiei; Acantholysis.

Imagem

22 - Caso 14

Case 14

Marina Bernardes Leão; Felipe Augusto de Oliveira Morais; Hércules Hermes Riani Martins Silva; Cinthia Francesca Barra Rocha; Nonato Mendonça Lott Monteiro; Karla Emília de Sá Rodrigues

Rev Med Minas Gerais; 24.2:287-289, Abr/Jun, 2014

Carta ao Editor

23 - Segurança viária sob o prisma do consumo de substâncias psicoativas no contexto da ascensão do hemisfério sul - grande paradoxo?

Road safety under the prism of psychoactive substance consumption in the context of a rising southern hemisphere - great paradox?

Gilberto Martins Borges Filho

Rev Med Minas Gerais; 24.2:290-291, Abr/Jun, 2014

24 - A síndrome da exclusão social

The syndrome of social exclusion

Antonio Benedito Lombardi

Rev Med Minas Gerais; 24.2:292-294, Abr/Jun, 2014

Errata

25 - Errata

Rev Med Minas Gerais; 24.2:294, Abr/Jun, 2014