RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 15. 1

 

Editorial

1 - A Medicina Mecânica

Ricardo Menezes Macedo

Rev Med Minas Gerais; 15.1:1, Jan/Mar, 2005

Artigos Originais

2 - Culturas de pontas de cateteres retirados de recém-nascidos na maternidade Odete Valadares - Belo Horizonte

Newborns catheters tip cultures taken out at Odete Valadares maternity - Belo Horizonte

Roberta Maia de Castro Romanelli; Roberta Rocha Dias; Maria Antonieta Ferreira

Rev Med Minas Gerais; 15.1:2-6, Jan/Mar, 2005

INTRODUÇÃO: Alguns recém-nascidos necessitam do cateterismo umbilical como acesso venoso. A contaminação ou colonização desses cateteres pode favorecer a infecção e a sepse relacionada a cateteres. O tempo de permanência desses acessos é questionado, sendo recomendado um período de até 14 dias. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a colonização e o tempo de permanência desses cateteres.
MÉTODO: Este é um estudo descritivo do SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) da Maternidade Odete Valadares, realizado no período janeiro a julho de 2002. Avaliou-se o número, o tipo, o tempo de permanência e as culturas positivas dos cateteres. Identificaram-se também as possíveis infecções relacionadas a cateteres. A análise estatística foi feita pelo Epi-Info 6.
RESULTADOS: Foram analisadas 276 culturas de ponta de cateteres, sem diferença estatística no tempo de permanência dos catéteres e na positividade em culturas. A proporção de catéteres umbilicais com cultura positiva foi estatisticamente maior que nos epicutâneos (p<0,001). O principal microorganismo isolado foi o Staphylococcus coagulase negativo. Oito casos foram prováveis infecções relacionadas a cateteres. A proporção de cateteres umbilicais com culturas positivas teve maior aumento entre o quinto e o sétimo dia de permanência (de 11% para 64,6%, respectivamente).
CONCLUSÃO: Como a colonização de cateteres é um fator de risco para infecção e os cateteres umbilicais apresentaram proporção importante de colonização após o quinto dia de permanência, este foi o tempo-limite estabelecido para a sua retirada e implantação de cateteres epicutâneos nos casos indicados no serviço.

Palavras-chave Cateterismo; Sepse; Recém-nascido; Controle de infecções

INTRODUTION: Some newborns need umbilical catheterism for venous access. The contamination or colonization of these catheters favor infections and catheter-related sepsis. There are controversies regarding the duration of permanence of this access. Some authors recomend up to 14 days. In the present study, a correlation between colonization and duration of permanence of these catheters was made.
METHODS: The data were collected by HICS (Hospital Infection Control Service) of Odete Valadares Maternity from January to June, 2002. The number, type, duration and positive cultures of the catheters were evaluated. The possible related catheters infections were described. EpiInfo6 was used for statistics analysis.
RESULTS: A total of 276 catheters tips were analyzed. No statistical diference was found betweem catheter duration of permanence and positive cultures. The proportion of umbilical catheters with positive cultures was greater than central venous catheters (p< 0.001). The main microorganisms isolated were coagulase-negative Staphylococcus Eight probable catether-related sepsis were identified. The proportion of umbelical catheters with positive cultures increased between the 5th and 7th day of permanence (from 11 to 64.6%, respectively).
CONCLUSION: The colonization of catheters is a risk factor for infection. Umbilical catheters represent an important risk o contamination, especially after the 5th day of permanence.

Keywords Catheterization; Sepsis; Infant; Newborn; Infection control

3 - Estado nutricional de crianças de baixo e alto nível socioeconômico de creche filantrópica e escola primária privada em Belo Horizonte-MG

Nutritional status of children from public day care center and private elementary school in Belo Horizonte, differing in social economic levels

Quésia Tamara Mirante Ferreira; Anderson Melo Queiroz; Priscila de Siqueira Ramos; Frederico Duarte Garcia; Cristiano de Almeida Correia; Aleyson Fabian Terra; Regina Lunardi Rocha; Eugênio Marcos Andrade Goulart

Rev Med Minas Gerais; 15.1:6-10, Jan/Mar, 2005

OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de dois grupos de crianças (uma de alto e outra de baixo nível socioeconômico) da região Centro-Sul da cidade de Belo Horizonte-MG e compará-las por meio dos índices Peso/Idade (P/I), Estatura/Idade (E/I) e Índice de Massa Corporal (IMC).
CASUÍSTICA E MÉTODO: Foram obtidos dados antropométricos de 280 crianças de escola particular (grupo A) e de 489 crianças de creche filantrópica (grupo B). A partir das medidas de peso e estatura, chegou-se aos escores z para P/I, E/I e IMC. Os dados obtidos foram comparados com valores de referência internacionalmente aceitos.
RESULTADOS: A média do escore z do indicador peso/idade no grupo B foi de 0,01 ± 1,10 e no grupo A, 0,47 ± 1,34. Houve maior prevalência de valores do índice P/I abaixo de -2 escore Z na classe A. (A=3,6%, B=0,8%, p=0,013). Encontrou-se prevalência de 3,7% e 14,5% de obesidade e sobrepeso, respectivamente, na população total, sendo que houve predomínio de obesidade e sobrepeso no grupo A (p=0,024).
CONCLUSÕES: A população estudada apresenta-se com escore z P/I acima do percentil 50 e baixos índices de desnutrição, sendo que, no grupo de crianças de alto nível socioeconômico houve maior prevalência de desnutridos. Em relação à obesidade, os valores encontrados estão dentro da média internacional e as crianças de alto nível socioeconômico também apresentaram maiores índices de obesidade e sobrepeso.

Palavras-chave Estado Nutricional; Antropometria; Fatores socioeconômicos; Transtornos da nutrição infantil/epidemiologia; Desnutrição/epidemiologia; Obesidade/epidemiologia

OBJECTIVE: To evaluate and compare the nutritional status of two groups of children (high and low social level) in Belo Horizonte midsouth region through anthropometry tests: weight-for-age index (W/A), height-for-age index (H/A) and body mass index (BMI).
METHODS: Anthropometric data were obtained from 280 children in a private elementary school (Group A) and 489 children in a philanthropic day care center (Group B). Weight and height were used to calculate z score for W/A, H/A and BMI. The values obtained were compared to standard references.
RESULTS: Z-score mean for weight-for-age was 0.01±110 in group B and 0.47±1.34 in group A. Group A had a higher prevalence in z-score P/I lower than -2. (A=3.6%, B=0.8%, p=0.013). Among the children studied the prevalence of obesity and overweight was 3.7% and 14.5%, respectively. Obesity and overweight were more prevalent in group A (p=0.024).
CONCLUSIONS: In the studied population, the z-score mean for W/A was above 50th percentile. There were low rates of malnutrition in both groups. The prevalence of malnutrition was higher for children belonging to the high socio-economic level. Concerning obesity, the data correspond to international findings. The high socioeconomic level children group also showed higher obesity and overweight rates.

Keywords Nutrition status; Anthropometry; Socioeconomic factors; Child nutrition disorder/epidemiology; Obesity/epidemiology

4 - Estudo das causas da isoimunização materna por antígenos eritrocitários entre gestantes acompanhadas no serviço de medicina fetal do HC-UFMG

Study of the causes of maternal erithrocytic antigen isoimmunization among pregnant women followed at the fetal medicine service - HC-UFMG

Antônio Carlos Vieira Cabral; Isabela Gomes de Melo; Gabriel Costa Osanan; Jacqueline Braga Pereira Dantas; Marcos Roberto Taveira; Henrique Vitor Leite

Rev Med Minas Gerais; 15.1:10-12, Jan/Mar, 2005

OBJETIVO: Analisar as causas da isoimunização materna por antígenos eritrocitários entre as gestantes acompanhadas no Serviço de Medicina Fetal do HC-UFMG, no período de junho de 1996 a junho/2003.
PACIENTES E MÉTODO: Trata-se de estudo prospectivo, no qual 256 gestantes sensibilizadas por antígenos eritrocitários foram acompanhadas no Centro de Medicina Fetal do HC-UFMG. As pacientes foram avaliadas quanto ao passado obstétrico, visando identificar as causas de isoimunização.
RESULTADOS: Entre os 256 casos acompanhados, em 185 (72,3%) a causa de isoimunização foi a ausência de profilaxia pós-parto; a transfusão sangüínea incompatível foi a responsável por 34 casos (13,3%) e a falta de profilaxia pós-aborto, por 29 casos (11,3%). Os oito casos restantes (3,1%) ocorreram durante o período gestacional.
CONCLUSÃO: As principais causas de isoimunização materno-fetal continuam se relacionando à etiologia obstétrica, principalmente à falta de imunoprofilaxia no pós-parto e no pós-aborto. Portanto, a isoimunização, em nosso meio, pode ser facilmente prevenível com o uso da imunoglobulina anti-Rh (D), conforme rotina já estabelecida há décadas.

Palavras-chave Isoimunização Rh/etiologia; Eritroblastose fetal; Cuidado pós-natal; Teste de Coombs; Imunoglobulinas

OBJECTIVE: To analyze the causes of maternal erithrocytic antigen isoimmunization among pregnant women followed at the Fetal Medicine Service Hospital das Clínicas - Universidade Federal de Minas Gerais (FMSHC), from June/1996 to June/2003.
METHODS AND MATERIAL: A prospective study, consisting of 256 pregnant women with sensitization by erithrocytic antigen were followed at the FMSHC. These patients were evaluated regarding the obstetric history, in order to identify the causes of isoimmunization.
RESULTS: In 185 cases (72.3%), isoimmunization was caused by lack of postpartum prophilaxy. Incompatibility in blood transfusion and absence of post-abortion prophilaxy were responsible for 34 (13.3%) and 29 cases (11.3%), respectively. The remaining eight cases (3.1%) occurred during gestational period.
CONCLUSION: The main cause of fetal-maternal isoimmunization is still related to obstetric etiology, mainly to absence of postpartum or post-abortion immunoprophilaxy. Therefore, isoimmunization, in our population, can be easily prevented by the use of anti-Rh (D) immune globulin according to established routines.

Keywords RH Isoimmunization/ethiology; Erithroblastose; Fetal postnatal care; Coombs'test; Immunoglobulins

5 - Formigas como veículo de patógenos no hospital universitário Alzira Velano, em Alfenas - M.G

Ants as a way to pathogens in the university hospital Alzira Velano, Alfenas city - MG

Lilian Teixeira Silva; Nemer Luís Pichara; Maria Aparecida Pereira; João Evangelista Fiorini

Rev Med Minas Gerais; 15.1:13-16, Jan/Mar, 2005

O objetivo deste trabalho foi avaliar o risco potencial de infecções em ambiente hospitalar, causadas pela presença de patógenos carreados por insetos, especificamente formigas. Amostras de formigas foram coletadas em frascos estéreis, em diversos locais do Hospital Universitário Alzira Velano em Alfenas, Minas Gerais, tais como cozinha, corredores, recepção, isolamento da Clínica Médica e Clínica Médica. Os insetos foram tratados para o isolamento das cepas microbianas, conforme protocolos padronizados (NCCLS 2002), seguindo-se o cultivo microbiano em meios apropriados (BHI e Sabouraud), e testes bioquímicos para a identificação das cepas. Os resultados revelaram um percentual de 97,5% de contaminação entre as três espécies de formigas obtidas (Paratrechina, Camponotus e Pheidole). As cepas bacterianas predominantes nas amostras foram Staphylococcus sp., Neisseria sp, e Bacillus sp. Por meio de testes de antibiograma, não foi encontrada nenhuma bactéria multirresistente. Apesar disso, linhagens potencialmente patógenas observadas nas amostras de formigas examinadas sugerem um risco potencial de veiculação de infecções hospitalares. Em conjunto, esses resultados apontam para uma situação preocupante no que se refere aos protocolos de assepsia em ambiente clínico, e sugerem um mecanismo adicional para o aparecimento de infecções nosocomiais, que é o transporte de patógenos entre pontos diferentes em um hospital.

Palavras-chave Infecção Hospitalar/microbiologia; Hospitais Universitários; Insetos vetores; Formigas/patogenicidade

The potential risk of nosocomial infections in clinical environment due to bacteria-carrying ants was evaluated. The ant samples were collected in sterilized flasks in several rooms at Alzira Velano University Hospital, Alfenas, MG: kitchen, halls and reception, admission, and medical clinic rooms. The samples were inoculated in proper media (brain-heart infusion and Sabouraud). Identification of the microorganisms was made according to standard protocols and biochemical tests. The results showed an overall contamination of 97.5 % of the insects collected. Staphylococcus sp, Neisseria sp and Bacillus sp were the predominant strains present in ant genera: Paratrechina, Camponotus, and Pheidole. No multi-resistant bacteria were detected through antibiogram tests. Therefore, ants constitute a vehicle of nosocomial infections. A better control of antisepsis in the hospital environment is imperative.

Keywords Cross infection / microbiology; University Hospitals; Insect vectors; Ants/pathogenicity

6 - Prevalência do uso de drogas em adolescentes escolares

Drug use prevalence among scholar teenagers

Francisco José Ferreira da Silveira; Eduardo Villela de Moraes; Enio Corrêa Lima

Rev Med Minas Gerais; 15.1:16-20, Jan/Mar, 2005

OBJETIVOS: Avaliar a prevalência do uso de bebidas alcoólicas e outras drogas em adolescentes escolares.
MATERIAL E MÉTODO: Estudo do tipo transversal, com dados retrospectivos sobre o uso de bebidas alcoólicas e outras drogas, fornecidos por alunos, com idade de 13 a 19 anos, de escola no interior de Minas Gerais. Utilizado questionário anônimo, auto-aplicável e de preenchimento voluntário.
RESULTADOS: Foram estudados 866 adolescentes. A prevalência do uso de álcool foi de 77,2%, sendo que, deste total, 57,1% usaram-no pela primeira vez entre os 13 e 15 anos. As bebidas mais utilizadas foram cerveja e vinho. O local mais freqüente do primeiro contato com o álcool foi a "rua" (50,2%), seguido do domicílio (24,2%). As companhias mais freqüentes foram membros da própria família (28%) e amigos (25,7%). Dos que experimentaram bebida alcoólica, 44,9% usam-na, atualmente, menos de uma vez por semana; 38,1% não a usam e 16,8% usam-na, pelo menos, uma vez por semana. Em relação ao uso de outras substâncias, 13,0% já consumiram fumo e 3,9%, maconha. Observou-se associação estatisticamente significativa entre o uso de bebida alcoólica e o uso de tabaco (p=0,000); entretanto não se verificou associação entre o consumo de bebida e o sexo (p=0,190).
CONCLUSÕES: Encontrada alta prevalência de uso de bebidas alcoólicas, e prevalência significativa, porém menor do que em outros estudos, do uso de outras drogas, em alunos de 13 a 19 anos, sendo necessária a realização de ações preventivas eficazes, direcionadas especialmente aos usuários de bebidas alcoólicas.

Palavras-chave Transtornos relacionados ao uso de substâncias/epidemiologia; Consumo de bebidas alcoólicas/epidemiologia; Adolescente; Tabagismo/epidemiologia

OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of alcoholic beverages and other drugs among teenager students.
METHODS: Cross-sectional study with retrospective data about use of alcoholic beverages and other drugs provided by students, 13 to 19 years old, from a school in Gouveia, Minas Gerais. Volunteers filled out a self-applicable non-identifiable questionnaire.
RESULTS: The sample consisted of 866 teenagers. The prevalence of alcohol use was 77.2%; 57.1% had this first contact between 13 and 15 years old. The most common alcoholic beverages were beer and wine. "Street" (50.2%) was he most frequent place of first contact followed by home (24.2%). The most frequent companies were family members (28.0%) and friends (25.7%). Out of the students exposed to alcoholic beverage, presently 38.1, 44.9, and 16.8%, do not drink, drink less than once a week, or drink less than once a week, respectively. Regarding other substances, 13.0 and 3.9% have already consumed tobacco and marijuana, respectively. The association between alcoholic beverage and the use of tobacco was statistically significant (p=0.001); no association was found between alcoholic beverage and gender (p=0.190).
CONCLUSIONS: A high prevalence of alcoholic use was detected among 13-19 years old students in Gouveia, MG, even though with a lower prevalence when compared with other reported studies with teen-agers. Preventive actions are necessary, especially regarding alcoholic beverages.

Keywords Substance-related disorders/epidemiology; Alcohol drinking/epidemiology; adolescent; Smoking/epidemiology

7 - Repetência e evasão escolar em classe socioeconômica desfavorecida: exemplos de indicadores de exclusão social

School failure and evasion of children of low social economic status: exemples of exclusion social indicators

Antonio Benedito Lombardi; Joel Alves Lamounier

Rev Med Minas Gerais; 15.1:20-25, Jan/Mar, 2005

OBJETIVO: Conhecer aspectos biopsicossociais de familiares e crianças com repetência escolar de classe socioeconômica desfavorecida e possíveis associações entre repetência, evasão e agravantes biopsicossociais.
MÉTODO: O estudo foi desenvolvido em dois momentos. No primeiro, em 1990, foram escolhidas aleatoriamente 39 crianças das 465 que cursavam a 1ª série, na qual aconteciam os mais altos índices de repetência. Foi utilizada metodologia descritiva Estudo de Caso. O roteiro da entrevista permitiu conhecer a história pregressa e o perfil biopsicossocial das crianças. No segundo momento, em 1993, obteve-se o nível de escolaridade das 39 crianças. Posteriormente, em 2003, foram obtidas informações de duas crianças da amostra.
RESULTADOS: Constatou-se que a maioria das crianças foi exposta a muitos fatores de risco em idade precoce. À entrada para a escola, a maioria apresentava-se com vários problemas simultâneos de saúde, crescimento e desenvolvimento. Verificaram-se, também, múltiplos problemas nos familiares, entre os quais prejuízos na escolaridade, na qualificação profissional, na saúde física e/ou psíquica, renda, moradia. Identificaram-se muitos fatores de risco (circunstanciais, outros eram de natureza crônica) e outros foram incorporados à vida das crianças como os próprios impactos físicos e/ou psíquicos e o fracasso escolar. Todos contribuíram potencialmente para a perpetuação da repetência e do fracasso escolar.
CONCLUSÃO: O trabalho aponta para a necessidade de se implantarem políticas públicas, alcançando as crianças precocemente, de forma a prevenir impactos em seu crescimento e desenvolvimento; aponta para a necessidade de interlocução intersetorial entre a saúde e educação, para a necessidade de parcerias com a comunidade e a valorização da atenção primária como estratégias da abordagem do fracasso escolar. Enfatiza que repetência e evasão escolar são alguns dos inúmeros sintomas da exclusão social. Assim, é uma tentativa de contribuir para a compreensão da origem da violência. Pondera-se que a própria exclusão social é por si só um ato de violência.

Palavras-chave Evasão escolar; Baixo rendimento escolar; Fatores socioeconômicos; Relações familiares

OBJECTIVE: To know biopsychosocial aspects of children of low socioeconomic class and their families and possible associations with school failure and evasion.
METHODOLOGY: The study was developed in two moments. In 1990, 39 out of 465 first grade children were randomly selected; this group had the highest indices of failure. Case-oriented approach was used. Personal interviews revealed the history and the psychological profile of the children. In 1993, the school level of the 39 children was obtained. In 2003 informations about two children of sample were obtained.
RESULTS: Most of the children had been submitted to many factors of risk before entering school; On admission, most of them had health, growth, and development problems, The families faced many problems: low school levels, poor professional qualification, physical and/or psychological diseases, low income, poor housing conditions. Many eventual and chronic problems were detected. Some of those drawbacks had been incorporated by the children affecting school performance leading to failure and perpetuation of the phenomenon.
CONCLUSION: There is na urgent need of implementing public politicies, to reach children precociously avoiding negative impacts in growth and development. School failure and evasion are, certainly, a consequence of the pre-school environment

Keywords Student dropouts; Underachievement; Socioeconomic factors; Family relations

8 - Situação do aleitamento materno e práticas de alimentação complementar em crianças com até 24 meses de idade no município de Moema, MG

Breastfeeding situation and complementary food practices in children up to 24 months age in Moema city, MG

Francis Magalhães Gonçalves; Shinaider Fonseca Rosa; Francisco José Ferreira da Silveira

Rev Med Minas Gerais; 15.1:25-29, Jan/Mar, 2005

OBJETIVO: conhecer a duração e a prevalência do aleitamento materno no município de Moema, Minas Gerais.
MÉTODO: estudo do tipo transversal, com componente retrospectivo, realizado no município de Moema. Foram consideradas as crianças com até 24 meses de idade. A estimativa era de 180 crianças nesta faixa etária no município. Utilizou-se um questionário que visava obter as seguintes informações: idade da criança, duração (em meses) do aleitamento materno e início do uso de alimentos complementares. A duração estimada de aleitamento materno foi obtida pelo método de Kaplan-Meier. As análises foram feitas nos programas EPIINFO, versão 6.04d. e do KMSURV.
RESULTADOS: Foram estudadas 170 crianças, sendo 48,5% do sexo masculino e 51,5% do sexo feminino. A mediana estimada da duração do aleitamento materno exclusivo foi de 75 dias, enquanto do aleitamento materno, independentemente do uso de outros alimentos, de 195 dias. Em relação ao uso de alimentos complementares, os chás já eram consumidos por 33,6% das crianças no primeiro mês de vida e por 46,2% no segundo mês; a água por 17,1% no primeiro mês e por 32,9% no segundo.
CONCLUSÃO: A duração do aleitamento materno exclusivo está muito inferior à recomendação atual, que é de seis meses. Alimentos complementares de baixo valor nutritivo, principalmente chás, são introduzidos precocemente. A duração do aleitamento materno, independentemente do uso de outros alimentos, também está ainda distante das recomendações atuais.

Palavras-chave Aleitamento materno; Alimentação artificial; Recém-nascido; Lactente; Substitutos do leite

OBJECTIVE: To know the duration and the prevalence of breastfeeding in Moema, Minas Gerais.
METHODS: A cross-sectional study, with retrospective component, was carried out in Moema. Data were collected from a sample of 180 infants from birth to 24 months of age. A questionnaire was used to obtain the following data: child's age, duration (in months) of breastfeeding, and time when complementary food was started. For analysis, EPIINFO 6.04d version and KMSURV programs were used.
RESULTS: The study included 170 children (48.5% male, 51.5% female). The estimated median of duration of exclusive breastfeeding was 75 days, while for breastfeeding, independent of the use of complementary food, was 195 days. Concerning complementary feeding, tea was consumed by 36 and 42% of the children in the first and second month of life, respectively. Water was given to 17.1 and 32.9% in the first and second month of life, respectively.
CONCLUSION: The duration of exclusive breastfeeding was much lower than the present recommendations (six months). Complementary foods with low nutritious value, especially tea, are precociously started. The durations of breastfeeding, independent of the use of complementary foods, is also far from the recommendations.

Keywords Breast Feeding; Bottle Feeding; Infant; Milk Substitutes

9 - Vigilância em saúde do trabalhador rural: um instrumento para o programa de saúde da família

Active search to rural workers: an instrument to health family program

Sandra de Azevedo Pinheiro; João Ricardo Terra; Sérgio Silveira Junior; Guilherme Carvalho Freire; Cristiano Freitas Arantes; Fabiano Antunes Miquelante

Rev Med Minas Gerais; 15.1:29-34, Jan/Mar, 2005

OBJETIVO: investigar a presença de cargas de trabalho em famílias de trabalhadores rurais.
MÉTODO: um roteiro de pesquisa de cargas de trabalho foi aplicado em zona rural agrícola, por acadêmicos de medicina e profissionais de saúde da família.
RESULTADOS: foram identificados problemas de origem ambiental, sanitária e decorrentes da organização de processos de trabalho. O roteiro e os resultados obtidos foram referendados pela equipe rural de saúde da família.
CONCLUSÃO: propõe-se um instrumento de coleta de dados complementar para identificação de demandas de saúde decorrentes do trabalho rural.

Palavras-chave População rural; Riscos ocupacionais; Saúde rural; Programa saúde da família

PURPOSE: To investigate the presence of occupational rural risks and their consequences to family health.
METHODS: The workers answered a questionary about the work burden.
RESULTS: Several occupational risks were identified in agricultural work, originated from the environment and sanitary and work process organization. The results were analyzed by a Family Health Program team.
CONCLUSION: This questionary can be a supplementary instrument to other parameters aiming the identification of health problems related to the work in rural area.

Keywords Rural population; Occupational risk; Rural health; Family health program

Artigos de Revisão

10 - Avaliação da freqüência de hemoglobina a1s nos candidatos à doação de sangue no hemocentro regional de Uberaba, no período de 1996 a 2000 - estudo retrospectivo

Evaluation of a1s hemoglobin frequency in blood donor candidates at the Uberaba regional hemocentre, in the period from 1996 to 2000: a retrospective study

Paulo Roberto Juliano Martins; Gilberto de Araújo Pereira; Karla Delalíbera Pacheco; Paulo Fernando de Oliveira; Andréia Alves de Oliveira; Cláudia Valéria Castanheira Rita; Eduardo Alexandre Castanheira Silva

Rev Med Minas Gerais; 15.1:34-37, Jan/Mar, 2005

O objetivo deste estudo foi avaliar a freqüência de HbA1S em doadores de sangue do HRU (1996 a 2000). O diagnóstico do traço falcêmico foi realizado pela eletroforese de hemoglobina, prova de falcização e teste de solubilidade. Foram encontrados 696 portadores de HbA1S (9,91/1000). Observou-se queda significativa na incidência anual (de 1996 a 2000) de HbA1S. A raça negra apresentou incidência significativamente maior que as raças branca e mestiça. A incidência no sexo feminino foi 11,41/1000 candidatos à doação e, no masculino, 9,44/1000. O maior percentual de HbA1S foi entre 18 e 29 anos de idade (52,7%) considerando-se a alta prevalência de HbA1S no Brasil, concluímos que é de suma importância conhecer os portadores de HbA1S, visando ao aconselhamento genético em relação às probabilidades de seus descendentes desenvolverem anemia falciforme, a qual representa um importante problema de saúde em nosso país.

Palavras-chave Anemia falciforme; Hemoglobina falciforme; Doadores de sangue; Estudos retrospectivos

The HbA1S frequency in blood donors from Uberaba Regional Hemocenter (HRU) from 1996 to 2000 was evaluated. The falciform trait diagnosis was carried out using hemoglobin electrophoresis and sickle cell and solubility tests. The number of carriers was 696 (9.91/1000). A significant fall in the annual incidence of HbA1S was observed. The incidence was significantly higher in negros than in whites and crossbred races. In females and males the incidence was 11.41 and 9.44/1000 of the candidates, respectively. The difference of the incidence between the sexes was significant only in 2000. The higher percentage of HbA1S occurred in 18-29 years old candidates (52.7%). Since there is a high prevalence of HbA1S in Brazil, it is very important to detect the HbA1S carriers and to provide them with genetic counseling.

Keywords Anemia sickle cell; Hemoglobin sickle; blood donors; Retrospective studies

11 - Cuidados anestésicos monitorados em anestesia ambulatorial

Monitored anesthesia care for ambulatory anesthesia

Adriano Bechara de Souza Hobaika; Múcio Pereira Diniz; Carlos Henrique Viana de Castro

Rev Med Minas Gerais; 15.1:37-40, Jan/Mar, 2005

A anestesia ambulatorial representa todo o procedimento anestésico que oferece ao paciente uma pronta recuperação, sem a necessidade de internação hospitalar. Dessa forma, o paciente retorna ao trabalho e ao lar precocemente e fica menos exposto ao risco de infecção, além de os custos hospitalares serem muito reduzidos. A unidade de anestesia ambulatorial requer infra-estrutura adequada, sendo suas atividades regulamentadas pelas Resoluções do Conselho Federal de Medicina. Devido ao aumento crescente no número de pacientes tratados em regime anestésico ambulatorial, o anestesiologista possui papel fundamental no processo de seleção. Muitos dos procedimentos ambulatoriais são diagnósticos ou terapêuticos e várias podem ser as técnicas anestésicas empregadas. Entre estas, os cuidados anestésicos monitorados apresentam algumas vantagens para o paciente ambulatorial, proporcionando conforto e segurança, além de uma recuperação mais rápida e com poucos efeitos indesejáveis.

Palavras-chave Anestesia; Anestésicos; Assistência ambulatorial; Período de recuperação da anestesia

Ambulatory anesthesia represents all the procedures that offers a prompt recovery, without the need of hospitalization. The patient returns earlier to normal activities and has less exposure to infections. Besides, hospital costs are reduced. The ambulatory anesthesia unit requires appropriate structure. Its activities are regulated by the Federal Council of Medicine Resolutions. Owing to the increasing number of patients being submitted to ambulatory anesthesia regimen, the anesthesiologist plays an essential role in the procedure selection. A great proportion of ambulatory procedures are diagnostic or therapeutic. Several anesthetic techniques may be employed. Among these, monitored anesthesia care presents some advantages for the ambulatory patient, providing comfort and safety in addition to a faster recovery with fewer undesirable effects.

Keywords Anesthetics; Ambulatory care; Anesthesia recovery period

12 - Manejo diagnóstico e terapêutico do bócio mergulhante

Diagnostic and therapeutic management of substernal goiter

Frederico Fernandes Ribeiro Maia; Levimar Rocha Araújo

Rev Med Minas Gerais; 15.1:41-47, Jan/Mar, 2005

As condutas clínicas e cirúrgicas no bócio mergulhante ainda são controversas, não havendo um consenso na literatura sobre qual o momento ideal para intervir cirurgicamente nos pacientes com esta enfermidade. É preciso conhecer as indicações, conseqüências e complicações do tratamento cirúrgico do bócio mergulhante. Este trabalho resulta de uma revisão de publicações sobre tratamento do bócio mergulhante no período de 1995 a 2000. As bases de dados utilizadas foram Medline e Lillacs. Objetiva-se atualizar, orientar e esclarecer dúvidas dos profissionais a respeito desses fatores. Discutem-se os métodos diagnósticos e as condutas terapêuticas em casos de bócio mergulhante.

Palavras-chave Bócio subesternal/diagnóstico; Bócio subesternal/cirurgia; Bócio subesternal/quimioterapia

There is no unanimity regarding clinical or surgical procedures in treatment of substernal goiter. Indications, consequences, and complications of substernal goiter surgery must be carefully evaluated. A review of the literature based on Medline and Lillacs regarding surgery of substernal goiter from 1995 to 2000 is made and discussed.

Keywords Goiter, substernal/diagnosis; goiter substernal/surgery; goiter substernal/drug therapy

Educação Médica

13 - Visibilidade da ciência brasileira

The brasilian science visibility

Mário Jorge Barreto Viegas Castro; Mário Dias Corrêa Júnior; Carlos José Barreto Viegas Castro

Rev Med Minas Gerais; 15.1:47-50, Jan/Mar, 2005

A produção de artigos científicos na área médica e de saúde pública no Brasil é motivo deste estudo, que tem o objetivo de reconhecer as tendências na pesquisa e identificar onde esses artigos são indexados. Os resultados mostraram que as revistas biomédicas brasileiras são indexadas nas seguintes bases de dados: SciELO Brasil (128 títulos), LILACS (264 títulos), MEDLINE (18 títulos) e ISI (16 títulos). A Universidade de São Paulo ocupa a liderança da América Latina com 80.000 citações, e recentes análises de citações mostraram que o Brasil está em 23º lugar no ranking internacional, com a produção de 1% dos artigos mais citados na ciência. O fato de cientistas estrangeiros consultarem nossos trabalhos científicos prova que nossa ciência é notória e consciente.

Palavras-chave Bases de dados; Pesquisa biomédica/tendências; Publicações periódicas; Editoração; Bibliometria

The production of scientific articles resulting from medical, clinical and public health studies originated from Brazil are analyzed to discover trends in health research and where they are indexed. The results shown that Biomedical Brazilian Research periodicals are in: Scielo Brazil (128 periodicals), LILACS (264 periodicals), MEDLINE (18 periodicals) and ISI (16 periodicals). The University of São Paulo occupies the first place in the Ranking of Latin American Institutions with 80.000 numbers of citations. The recent analyzed citation has shown that Brazil stands at the 23rd place in the international ranking. It produces 1 percent of the papers, have been more cited. Foreign renowned scientists are looking for our papers, which proves that our scientific research is valuable.

Keywords Databases; Biomedical research/trends; Periodicals; Publishing; Bibliometrics

Relato de Caso

14 - Controvérsias sobre o tratamento do neuroblastoma metastático (IV-S) em lactente

Controversies of the treatment of metastatic neuroblastoma (IV-S) in infants

Adriana Cartafina Perez-Bóscollo; Max Carsalad Schlobach; Andreza Vargas Silva; Daniela Chaves Tarquinio; Kátia Delalíbera Pacheco; Maria Fernanda Curi Barra; Elizabeth Morinaka

Rev Med Minas Gerais; 15.1:50-53, Jan/Mar, 2005

OBJETIVOS: Descrever caso de neuroblastoma em sua forma menos freqüente (estágio IV-S), com metástases avançadas em fígado e medula óssea em lactente de cinco meses, relatando as divergências entre as opiniões dos autores de uma extensa revisão de literatura em relação às condutas e aos resultados.
DESCRIÇÃO: Lactente de cinco meses apresentou-se com febre e hepatomegalia a esclarecer. Ultra-sonografia abdominal demonstrou fígado com dimensões aumentadas, ecotextura heterogênea às custas de numerosas imagens hipoecóicas difusamente distribuídas e, na supra-renal direita, massa hiperecóica de contornos bem definidos, medindo, aproximadamente, 65 cm3. Biópsia de medula óssea e de fígado revelou neoplasia maligna de pequenas células redondas e azuis compatíveis com neuroblastoma. O tratamento consistiu de sete ciclos de quimioterapia, seguida pela ressecção do tumor. O exame anátomo-patológico evidenciou ganglioneuroblastoma, "intermixed".
COMENTÁRIOS: Não há uma padronização de conduta em relação ao neuroblastoma estadiado como IV-S. Alguns autores sugerem que não se deve tratar esse tumor em pacientes menores de um ano, pela alta taxa de regressão espontânea. Outros consideram a quimioterapia a conduta mais adequada. A ressecção cirúrgica imediata ou após a quimioterapia é também controversa.

Palavras-chave Neuroblastoma/terapia; Estadiamento de neoplasias; Neoplasias hepáticas/terapia; Neoplasias das glândulas supra-renais/terapia; Lactente

OBJECTIVES: A case of neuroblastoma in its less frequent form (stage IV-S) with advanced metastases in liver and bone marrow in a five-month-old infant is described.
DESCRIPTION: The patient presented fever and hepatomegaly. Abdominal ultrasonography showed liver with augmented dimensions, heterogeneous echotexture due to numerous and diffusely distributed hypoechoic images. A 65 cm3 hyperechoic mass in right adrenal, with well-defined contours was detected. Biopsy of bone marrow and liver revealed malignant neoplasm of small round blue cells, compatible with neuroblastoma. Treatment consisted of seven chemotherapy cycles followed by tumor resection. Histological examination revealed intermixed ganglioneuroblastoma,
COMMENTS: A discussion on different approaches to treatment of IV-S stage neuroblastoma is made.

Keywords Neuroblastoma/therapy; Neoplasm staging; Liver neoplasms/therapy; Adrenal gland Neoplasms/therapy; Infant

15 - Paracoccidioidomicose pulmonar: manifestações clínicas, diagnóstico e tratamento

Pulmonary paracoccidiodomycosis; clinical manifestations, diagnostic and treatment

Carolina Gama Cabral; Carlos César Aguiar Brito; Jefferson Torres Moreira Penna; Laura Silviano Brandão Vianna; Luciana Nogueira Delfino

Rev Med Minas Gerais; 15.1:54-58, Jan/Mar, 2005

Relata-se caso de paciente adulta, sexo feminino, residente em Belo Horizonte, com quadro de infecção respiratória, evoluindo há seis meses. Submetida à propedêutica que incluiu biópsia transbrônquica, foi diagnosticada paracoccidioidomicose. Foi instituído tratamento com itraconazol, com melhora clínica da paciente. Esta descrição alerta para o diagnóstico desta micose, que pode ocorrer também no sexo feminino, apesar de pouco freqüente, e ser decorrente de reativação de foco antigo, quando já não existe contato com a área endêmica ou atividade rural.

Palavras-chave Paracoccidioidomicose/diagnóstico; Paracoccidioidomicose/quimioterapia; Relatos de casos

A female adult living in Belo Horizonte had a respiratory infection for the last sixth months. A transbronchial biopsy revealed pulmonary paracoccidioidomycosis. Treatment with itraconazol improved the patient's clinical condition. It is important to be aware of the occurrence of this disease in urban areas far from the endemic region.

Keywords Paracoccidioidomycosis/diagnosis; Paracoccidioidomycosis/drug therapy; Case reports

História da Medicina

16 - História da varíola

Smallpox history

Antonio Carlos de Castro Toledo Jr.

Rev Med Minas Gerais; 15.1:58-65, Jan/Mar, 2005

A varíola, doença exantemática causada pelo Poxvirus variolae, teve grande importância em saúde pública entre os séculos X e XX. Durante a Idade Média, juntamente com a Peste Negra, foi responsável por várias epidemias e por milhares de mortes. Embora não se conhecesse seu agente etiológico, várias medidas de controle foram utilizadas, como isolamento, quarentena, variolização e imunização. A imunização, descoberta pelo médico inglês Edward Jenner no século XVIII, foi um dos mais importantes avanços da medicina. A utilização da imunização em larga escala permitiu a diminuição drástica da incidência da doença entre os séculos XVIII e XX. No entanto, apenas em 1977, após 11 anos de funcionamento do Programa Global de Erradicação da Varíola, foi possível controlar definitivamente a doença. A varíola foi declarada oficialmente erradicada em 1980. Apesar disso, ela ainda faz parte do nosso cotidiano, sendo sempre citada como arma biológica potencial. Mesmo que não seja utilizada em ataques de bioterrorismo nos dias de hoje, a varíola ainda provoca medo e gasto de recursos humanos e financeiros em pleno século XXI, mais de 20 anos após sua erradicação.

Palavras-chave Varíola/história; Varíola/epidemiologia; Vírus da varíola; Vacina antivariólica; História da medicina

Smallpox, an exanthematous disease caused by Poxvirus variolae, was highly important public health problem from 10th to 20th centuries. In The Middle Ages, together with the Black Plague, it was responsible for many outbreaks and for thousands of deaths. Even without knowledge of the etiologic agent, many controlling strategies were utilized, such as isolation, quarantine, variolation, and immunization, the latter discovered by the English physician E. Jenner in the 18th century was one of the greatest outbreaks in medical history. Smallpox immunization was administered all over the world. It promoted an important decline of disease incidence in the 19th and 20th centuries. Nevertheless, it was only in 1977 that smallpox was finally eradicated, 11 years after the beginning of the Global Smallpox Eradication Programme by World Health Organization. Despite that, smallpox is still a reality nowadays, always regarded as a potential biological weapon. Although it has never been used in bioterrorism strikes, smallpox is still capable of provoking fear and consuming financial and human resources.

Keywords Smallpox/history; Smallpox/epidemiology; Variola Virus; Smallpox Vaccine; History of Medicine